• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como foi o fim da Peste Negra?

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      19/03/20 às 22h38

Você já deve ter ouvido falar do mal que o mundo enfrentou de 1347 a 1351, né? Estamos falando da Peste Negra, que começou no continente asiático e é considerada uma das mais letais das epidemias, até os dias atuais. Apesar de não haver convergência entre os dados sobre quantas pessoas morreram, estima-se que o número de vítimas gire em torno de 75 a 200 milhões de pessoas. A bactéria causadora desse mal, a Yersina, teve como origem a China ou a Ásia Central, que era a rota de seda. Viajou então alojada nos intestinos das pulgas, que parasitavam os ratos.

Esses animais eram uma verdadeira praga para a época, pois tinham em grande quantidade e viviam nos porões das embarcações. Assim que os navios atracavam no Mediterrâneo, esses roedores espalhavam a doença pelos portos. No começo, no entanto, a peste negra foi contida, se mantendo apenas na área costeira dos países. Isso, até começar a se espalhar pelo ar. A enfermidade então se espalhou rapidamente entre os humanos e, no pico da pandemia, dizia-se que não havia humanos vivos suficientes para enterrar os casos fatais. Aparentemente, chegou um ponto onde havia mais pessoas mortas do que vivas capazes de enterrá-las. Até hoje muitas pessoas perguntam quais eram os sintomas e como as pessoas lidaram para chegar ao fim.

Como a Peste Negra chegou ao fim?

Os sintomas da peste negra eram: febre alta, vômitos, náuseas, tosse com sangue, dor de cabeça, cansaço extremo, calafrios e convulsões. O pior de tudo é que isso matava os afetados muito rápido. Na época, não havia explicações para algo tão terrível no mundo. A população do século 8 acreditava em teorias estranhas, para explicar os acontecimentos assim. Segundo eles, podia ser coisa do alinhamento dos planetas que estava espalhando bactérias no ar, a culpa dos mendigos, ciganos, envenenamento da água por parte dos judeus e várias outras. A Europa estava desesperada.

A teoria mais popular de como a peste negra terminou, foi a partir do momento que foi implementada melhoras na higiene e nas medidas públicas de saúde. A primeira providência tomada foi a implementação de quarentenas. A população não afetada começou a ficar dentro de suas casas. Só saíam quando fosse extremamente necessário. Enquanto isso, os mais ricos saíam de suas casas e iam para áreas mais isoladas ainda. Outra atitude tomada foi a respeito do livramento do corpo.

Em vez de enterrar aqueles que morreram por causa da peste negra, eles passaram a cremar seus corpos. Desta forma, tinham menos contato com a Yersina pestis. Por fim, passaram a limpar bem a água que consumiam, pois era por meio dela, que ocorriam mais infecções. Mesmo com todos esses métodos, demoraram mais de 200 anos para que a Europa conseguisse restabelecer seus habitantes para o número anterior à peste.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do site.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+