• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como o anime de Demon Slayer impulsionou o sucesso do mangá

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      29/11/19 às 15h09

Se fizéssemos uma enquete sobre animes que brilharam esse ano, juntamente com Attack on Titan e Dr. Stone, encontraríamos Demon Slayer. Visto que, no mês passado, o Crunchyroll liberou a lista com os 20 animes mais populares da plataforma e, entre os títulos, encontramos Kimetsu no Yaiba, não chega a ser uma surpresa saber que ele vem impulsionando diretamente a venda de seu mangá. Embora a franquia exista desde 2016, só alcançou o reconhecimento global em 2019. Só para ilustrar, alguns debates entre os internautas têm garantido que a narrativa de Koyoharu Gotoge é a melhor do ano. Sendo assim, o ComicBook.com resolveu comentar sobre a interferência da popularidade do anime, nas vendas da publicação impressa. Afinal, quando exatamente essa visibilidade aumentou? Que elementos contribuíram para isso? Bom, as respostas moram na forma do ufotable trabalhar com Demon Slayer.

Apenas no início desse ano, tivemos a oportunidade de ver a história de Tanjiro e seus amigos ganhando vida nas telas. Ao passo que o mangá da adaptação já era publicado pela Shonen Jump, esperávamos uma audiência curiosa. Contudo, ninguém esperava que o anime atingisse o sucesso que vemos hoje. Essa ascensão é tão perceptível que um usuário do Twitter fez questão de projetar em gráfico, o ponto exato em que Demon Slayer explodiu. Pois assim como dissemos, a série existe há algum tempo. Todavia, sua base de fãs pareceu se expandir em conjunto com o anime. Abaixo, você pode conferir o gráfico.

A popularidade de Demon Slayer


É perceptível que as vendas de Demon Slayer vinham aumentando a cada lançamento. Desde o início, o número de vendas nunca caiu entre os fãs. Inclusive, foi isso que certamente ajudou o estúdio a concordar em adaptar o anime. Entretanto, a partir da estreia da versão animada, as vendas aumentaram de forma extremamente acentuada. Enquanto ainda tinha 13 volumes, Kimetsu no Yaiba vendeu um total de 5 milhões de cópias. Podemos dizer que foram vendidas, aproximadamente, 400.000 cópias, ou mais, a cada volume. No entanto, assim que o gráfico marca o lançamento do anime, vimos 20 milhões de cópias entre 17 volumes. O equivalente a 1,2 milhão de vendas por volume. Logo, aconteceu uma perceptível mudança na franquia, onde o anime interferiu de forma extremamente positiva, e parece que a mudança é tudo graças ao anime.

Falando nisso, caso você ainda não tenha conferido a história, adiantamos que vale a pena. Afinal, a narrativa gira em torno de demônios devoradores de humanos. Uma excelente pedida para aqueles que curtem uma ação com pegada sobrenatural. Tal qual a população de Attack on Titan, os habitantes da cidade não costumam se aventurar além das delimitações que os separam da floresta. Contudo, em meio às trevas, existe um feixe de luz, aqui conhecido como um Caçador de Demônios. A partir daí existe a deixa para o enredo de Tanjiro, o único sobrevivente de uma família morta por demônios. Quer dizer, mais ou menos. Na verdade sua irmã, Nezuko, continua viva, porém possuída por uma das criaturas. Assim, acompanhamos o protagonista combatendo demônios e buscando tornar sua irmã humana novamente.

Próxima Matéria
Via   CB  
Imagens Ufotable
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+