• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como o cinema é responsável por transformar alguns animais em heróis e outros em vilões?

POR Diogo Quiareli    EM Entretenimento      11/02/20 às 14h30

Estamos acostumados a ver as hienas como vilãs, o lobo como um ser mau e os tubarões como assassinos impiedosos. Ainda vemos os peixes-palhaços como seres fofos e as orcas como seres grotescos que só querem matar. Essa forma de ver o mundo animal é por causa do cinema, que se apropria do mesmo para criar personagens de entretenimento infantil. No entanto, quando nos acompanham na infância, acabam sendo marcado dessa forma para a vida toda. Isso pauta o imaginário popular com estereótipos e preconceitos relacionados aos bichos no geral. O resultado é: as crianças crescem sem o conhecimento correto sobre a vida de várias espécies.

Desde a infância, costumamos a ver as hienas como burras, perigosas, com uma risada insuportável e extremamente más. A culpa disso? O clássico O Rei Leão. Em 1994, quando a primeira versão do filme foi lançada, houve protesto por parte de biólogos. Os estudiosos ligados a entidades de proteção ambiental não concordaram com a forma como a espécie estava sendo tratada. O argumento era que, ao tratar de forma pejorativa uma espécie, as crianças tendem a vê-la como negativa. Provavelmente crescerão com essa crença. Recentemente, no remake de O Rei Leão, os mamíferos permanecem com o caráter maligno.

Estudiosos do comportamento animal criticam a forma como a história mostra as hienas se alimentando de carcaça. Na produção da Disney, isso é algo negativo. No entanto, as hienas se alimentam do que são deixados por grandes felinos. Os animais são responsáveis pela limpeza do ambiente, diminuindo a quantidade de insetos e evitando a disseminação de doenças. Além disso, contribuem para a limpeza dos rios. Esses animais possuem um grande papel no ecossistema.

Animais vistos como heróis e dóceis

Assim como o cinema conseguiu transformar algumas espécies em vilãs, fez de outras heróis e dóceis. Um exemplo disso? 101 Dálmatas. Após ver, na infância, os animais doces sendo perseguidos por Cruelsa de Vil, tivemos a imagem para sempre de que eles são amáveis e ela a única vilã. De fato, é isso mesmo. Por esse motivo, diversas pessoas sonham em ter um desses animais em casa. Isso começou em 1996, quando a primeira versão da história foi lançada, conquistando a todos.

Isso não é algo que acontece apenas com cachorros, que já são muito comuns em casa. O cinema conseguiu mudar a imagem de peixes, principalmente de peixes palhaço. Isso por causa de "Procurando Nemo". Por influência da animação, costumamos ver esses peixes como seres engraçados, um tanto desengonçados e bastante amigos. O cinema moldou tanto essa imagem que, após o lançamento do filme em 2003, houve um aumento expressivo da procura por esses animais. As pessoas queriam a todo custo ter um peixe-palhaço em casa. Além dele, o peixe da espécie cirurgião-patela, a Dory, também passou a ser mais procurado.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento. Aproveite para fazer um tour pelas curiosidades do nosso site.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+