icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Como saber se você está lidando com um sociopata?

POR Júlia Marreto EM Entretenimento 19/04/16 às 14h19

capa do post Como saber se você está lidando com um sociopata?

Ao longo dos anos neurocientistas tem identificado uma série de fatores que são relacionados à pessoas de comportamento violento. Alguns fatores como: a incapacidade de desenvolver mecanismos de enfrentamento adequados na infância; negligência e abuso por parte dos responsáveis; o uso excessivo de álcool e drogas; e até mesmo um trauma, causado por alguma lesão grave, tem sido bastante associados a comportamentos violentos na adolescência e vida adulta.

Essas características tem sido bastante observadas entre criminosos violentos e assassinos ao longo dos anos. Porém, embora essas características tenham sido cientificamente ligadas à esse tipo de comportamento, nenhum deles, individualmente ou coletivamente, devem ser considerados suficientes para que uma pessoa se torne violenta.

Para que se possa entender sobre o comportamento violento é preciso, primeiro, que se conheça alguns princípios fundamentais sobre a personalidade humana. A personalidade representam o que as pessoas são e como se comportam, são o resultado da genética e educação, refletindo em como elas veem o mundo e como o mundo as veem.

A personalidade dita a forma como uma pessoa interage com outra, além de como lida com problemas reais e imaginários. Desenvolve-se e evolui por volta (até) dos vinte e poucos anos, depois disso a personalidade é considerada conectada, estática, não podendo ser alterada.

Psicólogos forenses descobriram que determinados traços fundamentais de comportamento violento são bastante consistentes com um transtorno de personalidade anti-social conhecido como Sociopatia.

A Associação Psiquiátrica Americana (APA) não considera a Sociopatia como uma doença mental. A 5ª edição do Manual de Transtornos Mentais (DSM-5), divulgado pela APA em 2013 a lista sob o título de Transtorno de Personalidade Anti-Social (TPAS).

De acordo com a APA, nos Estados Unidos existem cerca de 8 milhões de sociopatas, e é por isso que muitos de nós podem conhecem ou, até mesmo, estar envolvido intimamente com um.

A Sociopatia se caracteriza pela seguinte personalidade e traços comportamentais: 1) desrespeito pelas leis e costumes sociais; 2) desrespeito pelo direito dos outros; 3) incapacidade de sentir remorso ou culpa; 4) tendência em exibir comportamento violento e explosões emocionais, incluindo acessos de raiva.

Os sociopatas são bastante voláteis, tendem a ficar nervosos e agitados facilmente, além disso podem ser iletrados e viver à margem da sociedade, incapazes de manter um emprego estável ou ficar em um lugar por muito tempo, são frequentemente transitórios e andarilhos.

Apesar de ser difícil, não é impossível um sociopata conseguir se envolver emocionalmente com outra pessoa e até um grupo, demonstrando empatia para com elas, mas não com os outros, apesar de não terem nenhuma consideração pela sociedade ou suas regras.

Quando visto pelos outros, os sociopatas parecem ser muito perturbados. Qualquer crime cometido por um sociopata tenderá a ser aleatória ou espontânea. Se decidir matar alguém, essa decisão será tomada por um impulso ou acesso de raiva. O assassinato será, geralmente, cometido durante esse acesso de raiva, e o local do crime será extremamente confuso e desorganizado.

A boa notícia é que devido às suas personalidades voláteis, normalmente você consegue identificá-los, podendo se prevenir. Sendo assim, é bom ficar de olho e reparar bastante nas atitudes das pessoas que estão ao seu redor e tentar não deixar se enganar.

Gostaram? Sugestões? Correções? Comentem com a gente.


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest