• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como Tom Holland ajudou no novo acordo entre a Marvel e a Sony

POR Letícia Dias    EM Notícias      05/10/19 às 23h25

Durante o breve momento de discórdia entre Disney e Sony, muitas pessoas tomaram partido. Enquanto alguns lamentavam a saída do Homem-Aranha do MCU, outros torciam para que o personagem ganhasse seu próprio Aranhaverso. Contudo, no meio disso tudo, acabamos sendo surpreendidos pelo posicionamento de Tom Holland. Considerando que na D23, o ator fez uma breve aparição onde agradeceu os fãs pelos apoios e disse que "amava todos 3000", era de se esperar que o jovem astro não fosse ficar de braços cruzados. Pois estávamos certos. Holland assumiu todo o espírito heroico que acreditássemos estar reservado para as telas. Em seguida, ele atuou como mediador do impasse milionário. No fim, o intérprete de Peter Parker auxiliou na reformulação do novo acordo e alcance do tão esperado consenso.

Segundo o The Hollywood Reporter, Holland procurou tanto Bob Iger, CEO da Disney, quanto Tom Rothman, presidente da Sony, diversas vezes após o anúncio da separação. Ao que tudo indica, o momento emocionante na D23 foi um importante catalisador para esse resultado. Por que? Bom, foi a partir dele que o jovem ator começou a pressionar as duas partes para que elas chegassem a um acordo. Felizmente a iniciativa do astro foi bem sucedida e no final de setembro recebemos a notícia do novo acordo entre as duas companhias. Ao passo que o momento de impasse rendeu troca de farpas entre os estúdios, não demorou para que Kevin Feige se pronunciasse, dessa vez, para demonstrar respeito à Sony e satisfação pelo acordo.

A possibilidade do Homem-Aranha existir simultaneamente na Marvel e na Sony

"Estou emocionado pela continuação da jornada de Aranha no MCU. Todos nós da Marvel Studios estamos muito animados para continuar trabalhando nisso", disse Feige após o novo acordo. "O Homem-Aranha é um ícone e herói poderoso cuja história atravessa todas as idades e públicos em todo o mundo. Ele também é o único herói com o poder de atravessar universos cinematográficos, de modo que a Sony continua desenvolvendo seu próprio Aranhaverso. Você nunca sabe quais surpresas o futuro pode trazer ". Essa afirmação do CEO da Marvel Studios foi suficiente para surgirem especulações quanto a participação do Homem-Aranha em dois universos ao mesmo tempo. Chegamos a comentar sobre as possibilidades por trás desse acordo.

Segundo o Screen Rant, existem três probabilidades, sendo algumas melhores que as outras. Ao que tudo indica, o Homem-Aranha pode coexistir nos dois universos partindo da premissa de que: sua galeria de vilões, atualmente pertencente à Sony, seja incorporada no MCU; em seguida, a outra situação inclui o Homem-Aranha saltando entre os universos, apresentando o conceito de Teia da Vida e do Destino e explorando o tal multiverso; por último, e talvez mais pertinente, esse acordo pode ser uma despedida. Considerando que o principal incômodo quanto à súbita saída do herói do MCU foi seu arco incompleto, pode ser que esse retorno tenha como princípio o encerramento da história de Parker. Posto que ainda não sabemos o que irá acontecer, só nos resta esperar. Sendo assim, contamos com o terceiro filme do Teioso que já tem previsão de estreia.

Com direção de Jon Watts, Homem-Aranha 3 chegará aos cinemas em 16 de julho de 2021. E então, quais suas expectativas para o retorno do Aranha? Qual das três possibilidades acima é a mais plausível? Já deu graças pela mediação de Tom Holland? Compartilhe sua opinião conosco.

Próxima Matéria
Via   CBR  
Imagens Marvel
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+