• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como Tupac Shakur morreu?

POR Diogo Quiareli    EM Último Dia      23/10/19 às 15h49

Quantas vezes você deu muitas risadas com o meme "thug life"? Provavelmente muitas. Mas você sabe qual é a origem desse termo? Na tradução literal para a língua portuguesa, significa "vida bandida". Mas, de acordo com Tupac Shakur, o "thug life" significa um estilo de vida de pessoas que enfrentam muitas adversidades, mas que nunca desistem de lutar pelos seus objetivos e sonhos.

Você já deve ter ouvido falar de Tupac, afinal, ele foi um grande músico e marcou toda uma geração. Infelizmente, Tupac deixou esse mundo. No entanto, sua história não se foi, pois foi um grande marco para o cenário no qual vivia e para seu estilo musical. Mas você sabe como ele morreu? Vamos falar um pouco mais sobre isso. Para falar sobre sua morte, precisamos, antes, falar sobre sua vida. Vamos lá.

Tupac Shakur

Tupac sempre foi pobre e, quando criança, ninguém esperava que ele fizesse tanto sucesso. Sua mãe fazia parte das Panteras Negras. Ela chegou a ser presa com outras pessoas por ter sido acusada de conspirar em explosões de prédios em Nova York. Ela passou cerca de 15 meses entrando e saindo das prisões, até que finalmente se livrou de várias acusações. Nessa época, ela estava grávida de uma criança que se chamaria Tupac Amaru Shakur. No dia 16 de junho de 1971, nascia o rei do rap, o deus do hip-hop, chamado por muitos de o "Jesus negro."

A ausência do pai de Tupac, um Pantera Negra que raramente estava presente na vida dele, deixou sua vida um pouco complicada. Tupac não tinha uma figura masculina para seguir como exemplo, ele não tinha um pai para ensinar as coisas da vida. A pobreza também era algo que dificultava muito a vida de Tupac e de sua mãe. Os dois inclusive ficaram algumas vezes sem ter um lugar para morar. Em 1986, as coisas começaram a mudar. Tupac foi matriculado em uma escola pública dedicada às artes em Baltimore. Lá, começava um amor pela música, incluindo o rap. Em 1988, por causa de alguns problemas que Tupac teve com o namorado da sua mãe, ele foi para Marin City, na Califórnia.

Marin City não era diferente de Nova York. A cidade era conhecida pela violência e pelas drogas, que estavam presentes nas ruas. Pouco tempo depois, Afeni Shakur, a mãe de Tupac, foi para Marin City morar com o filho. Entretanto, seus problemas pessoais começaram a afetar o relacionamento com sua família. Ela estava viciada em crack e isso deixava Tupac imensamente decepcionado.

Envolvimento com as drogas e música

Apesar de desprezar o vício da mãe, não demorou muito para que Tupac também tivesse seu envolvimento com drogas. Segundo relatos de pessoas próximas, ele chegou a vender droga por um tempo. Mas por ser um cara que tinha um bom coração, ele não conseguia conviver com o fato de estar vendendo drogas para pessoas que passavam pelo mesmo problema que sua mãe. Uma certa vez, um homem tentou trocar as alianças do seu casamento por drogas. Tupac ficou indignado com aquela situação. Foram histórias como essa que fizeram ele parar com o tráfico.

Foi aí que ele decidiu que queria viver da música. Com 17 anos de idade, Tupac e seu amigo Ray Luv formaram seu primeiro grupo de rap. Rapidamente, o sucesso veio e o talento de Tupac o fez sair de Marin City. Após isso, ele foi convidado a fazer parte de um grupo chamado Digital Underground. Eles fizeram um tour pelo mundo, fazendo shows na Inglaterra, Austrália, Itália e até no Japão. No começo, Tupac era um simples dançarino do grupo, mas logo começou a ter destaque com o microfone.

E não teve outra: Tupac começou a decolar. Logo vieram os contratos de gravação e, em novembro de 1991, ele lançava o seu primeiro disco, chamado "2Pacalypse Now". As letras eram pesadas e faziam muitas críticas sociais. O mais legal é que as músicas compostas por Tupac eram baseadas nas experiências de sua vida, e acreditem, ele tinha muita propriedade para fazer críticas ao sistema.

Cantor

Um dos sonhos de Tupac já havia se realizado, que era o de ser cantor. Pouco tempo depois de ter lançado seu primeiro disco, ele também conseguiu realizar o sonho de ser ator. Ele fez parte do elenco de Juice, um filme que fez muito sucesso e recebeu muitas críticas positivas. Depois do filme, Tupac deslanchou. Todos já sabiam quem ele era. De certo modo, o filme ajudou Tupac a alcançar o sucesso.

As coisas na família de Tupac também começaram a mudar. Sua mãe conseguiu se livrar do vício no crack e voltou a fazer parte da vida do filho. Parecia que as coisas finalmente estavam entrando nos eixos. Talvez isso nunca tivesse acontecido na vida do músico. Ele não vivia mais na pobreza, tinha uma boa relação com a família e estava ficando famoso. Porém, em 1992, um acontecimento marcou a vida dele. Ele foi preso acusado de atacar o motorista de uma limousine. Já em 1993, ele se meteu em outra confusão e foi indiciado por ter agredido um rapper com um taco de baseball. Em Atlanta, ele também foi preso por atirar em dois policiais à paisana.

Pelo que podemos ver, Tupac era um homem bom, mas gostava de uma confusão. Em 1994, ele foi assaltado por uma gangue considerada rival de Tupac. Levaram todas as jóias que ele usava e ainda 40 mil dólares. Nesse dia, Tupac quase conheceu a morte. Ele levou cinco tiros à queima roupa. A polícia disse que tinha sido apenas um assalto, mas o astro afirmava que era uma tentativa de assassinato de uma gangue rival do hip-hop. Mas essa não era a hora de Tupac morrer e, felizmente, ele sobreviveu a essa tentativa de assassinato.

Rivalidades

Tupac não era santo. Suas músicas irritavam tanto a polícia quanto outros rappers. Ele não media suas palavras e frequentemente se metia em polêmicas. Em 1995, as coisas voltaram a ficar feias para ele. No dia 7 de fevereiro, ele foi condenado por abusar sexualmente de uma fã. Ele disse que não tinha cometido crime algum, mas mesmo assim pediu desculpa. Enquanto esteve preso, Tupac parecia estar mudando. A prisão o fez pensar sobre o que ele estava fazendo com sua vida. Talvez ele estivesse se arrependendo dos seus atos. Ele conseguiu sair da prisão e planejava levar a vida de uma maneira diferente.

Passado um tempo, a vida de Tupac parecia estar completamente normal, mas ele ainda temia que o pior pudesse acontecer. As últimas 24 horas de vida de Tupac começam no dia 6 de setembro de 1996, às 11 e meia da noite. O músico estava gravando seu último vídeo clip. Depois disso, ele foi até sua mansão para descansar. Sua prima o acordou de manhã, pois ele tinha que ir para Las Vegas. Lá, ele iria assistir a uma luta de box e cantar em uma boate.

Na época, ele estava com uns problemas familiares e por isso não estava muito empolgado para a viagem. Em 7 de setembro de 1996, Tupac chega em Las Vegas para fazer uma apresentação que, infelizmente, não aconteceria. Após deixar a namorada e a prima no Hotel, ele esperava a luta de boxe enquanto jogava em um cassino.Ele estava na companhia de alguns amigos e do segurança Frank Alexander. O músico fez algumas apostas enquanto estava no cassino. Segundo relatos, Tupac estava ganhando uma verdadeira fortuna, estava com sorte no jogo. Ele também estava na companhia do grupo Outlaw Immortallz, que sempre participavam das canções de Tupac.

O Assassinato

Por volta das 6 e 15 da noite, Tupac saiu do cassino para ver a luta de boxe. Nesse dia, ele presenciou seu grande amigo Mike Tyson lutando com Bruce Seldon. E não deu outra, Tyson simplesmente acabou com seu adversário em menos de dois minutos. Às 8 e 35 da noite, quando Tupac estava saindo do local da luta, um de seus amigos disse ter visto um cara que tinha o assaltado há um tempo atrás. Ainda no clima da luta, Tupac e seus amigos espancaram o tal cara.

Após isso, o rapper foi direto para o hotel onde sua namorada e prima estavam hospedadas. Ele iria se preparar para o show que faria naquela noite. O engraçado é que, justo naquele dia, Tupac decidiu não usar o colete a prova de balas. Esse era um acessório praticamente indispensável para Tupac, já que ele tinha vários inimigos na rua.

Tupac, seus amigos e o segurança Frank então partiram para o Clube 662, onde ele faria o show. Mas mal sabia ele e seus amigos que eles jamais chegariam até o clube. Quando o automóvel de Tupac parou em um sinal, mais ou menos às 11 e 20 da noite, um outro carro branco se aproximou, parou ao lado do de Tupac e abriu fogo contra ele. Quatro balas atingiram o corpo de Tupac, perfurando seu pulmão e o deixando gravemente ferido.

A morte

Segundo o policial que chegou ao local do crime, as últimas palavras ditas por Tupac foram: "Vai se foder". Ele foi levado para o hospital o mais rápido possível. Foi submetido à duas cirurgias e teve um dos pulmões retirados para tentar conter a hemorragia. Naquele dia, Tupac Amaru Shakur entrava em um coma induzido do qual jamais voltaria.

Ele passou seis dias em coma, mas infelizmente não resistiu. Muitos diziam que ele era um homem indestrutível e que jamais morreria, mas no dia 13 de setembro de 1996, a vida de Tupac chegou ao fim. Mas afinal, quem matou Tupac Amaru Shakur? A imprensa dos Estados Unidos levantou a hipótese de o assassinato ter sido consequência de uma guerra entre a gravadora do rapper e um selo rival. A rivalidade entre a Costa Oeste e a Costa Leste levantaram suspeitas. Tupac fazia parte da Costa Oeste, e Notorious Big, um outro grande rapper, fazia parte da Costa Leste.

Essa rivalidade levantou muitas suspeitas sobre Notorious Big, mas ele, seus associados e sua família negaram o crime. Até hoje, não se sabe ao certo quem matou o grande rei do rap. Um fato engraçado é que os integrantes do grupo Outlawz, amigos de Tupac, afirmam terem fumado as cinzas de Tupac. Segundo o grupo, o próprio músico teria feito esse pedido na letra da música "Black Jesus". Eles disseram que foram até uma praia e fizeram a cerimônia com a presença da mãe de Tupac.

Veja essa matéria no formato de vídeo.

Vídeo

E aí, o que você achou? Comenta pra gente aí, afinal, seu feedback é extremamente importante para nós.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+