• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça a árvore emancipada que é dona de si mesma

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      14/02/20 às 17h49

Grandes e robustas as árvores nunca são pensadas de maneira diferente do senso comum, ou seja, um bom lugar para fazer sombra e às vezes render alguns frutos para o consumo. Mas ela, que muitas vezes é vista só como parte de uma paisagem maior, tem suas peculiaridades e são muitas.

Dessas coisas peculiares, na cidade de Atenas, na Geórgia, tem um marco local bem curioso. Ele é um carvalho branco gigante que se afirma como próprio. Por esse motivo ele é uma das árvores mais famosas do mundo. Mas como que ela passou a ser proprietária da terra a seu redor?

No século XIX, um homem chamado William Jackson teria gostado da árvore e queria protegê-la de todos os perigos. Um artigo, publicado na "Athens Weekly Banner", no dia 12 de agosto de 1890, dizia:

"O coronel Jackson observara a árvore crescer desde a infância e passara a amá-la quase como faria com um humano. Sua folhagem luxuriante e membros robustos freqüentemente o protegiam das fortes chuvas e, de seus galhos mais altos, ele muitas vezes conseguia os ovos dos cantores de penas. Ele observou o crescimento e, ao atingir uma idade avançada, viu a árvore em magníficas proporções, sentiu-se triste ao pensar que, após sua morte, cairia nas mãos daqueles que a poderiam destruir".

Ele se atribuiu a propriedade da árvore e um pouco de terra ao redor da própria árvore. A ação dizia "Eu, HW Jackson, do condado de Clarke, por um lado, e o carvalho do condado de Clarke, por outro lado, testemunhei que o dito WH Jackson, para e em consideração à grande afeição que ele carrega pela referida árvore, e por seu grande desejo de vê-la protegida, transmitiu seus direitos, e por isso, transmite ao referido carvalho toda posse de si e de toda a terra a menos de um metro e meio de todos os lados".

Árvore

Conforme o tempo foi passando, a árvore começou a ser uma atração turística. Mas no começo do século XX, ela começou a dar sinais de que estaria morrendo e de que nada poderia ser feito a respeito.

No dia 9 de outubro de 1942, a árvore, com mais de 30 metros de altura e 400 anos de idade, caiu. De acordo com o que dizem, a queda foi por causa de uma forte tempestade e vento. E também pelas suas raízes estarem apodrecidas.

Quatro anos depois, membros do comitê que cuidavam da árvore quando ela era viva, acharam uma pequena árvore que foi fruto de uma semente tirada da árvore original. Então, no dia 9 de outubro de 1946, essa árvore foi transplantada para o lugar onde sua "mãe" estava.

Depois de uns meses, a cerimônia oficial foi feita com a presença de autoridades como o prefeito de Atenas. A árvore ficou conhecida como "O filho da Árvore que se possui" e assumiu seu lugar de herdeira. Por isso, ela também herdou as terras, que eram da sua mãe.

Além da herdeira oficial, existem vários outros. Isso porque as pessoas pegavam sementes dela para que crescessem em outro lugar. Mas nenhum deles pediu por sua parte de terra.

O filho oficial ainda está vivo e é referido como "A árvore que se possui". Os membros do comitê cuidam da árvore, mesmo que tecnicamente isso caia sobre a responsabilidade da cidade. E os moradores da cidade celebram o suposto aniversário da árvore e a decoram para o natal.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+