• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça a exuberante pesca usando o fogo

POR Jesus Galvão    EM Mundo Afora      29/08/19 às 14h51

Em meio a temporada de tufões, todos os anos, diversos pescadores idosos se reúnem para uma prática já consagrada pelo tempo: a pesca com fogo. Tal prática já se tornou uma tradição, com mais de um século de existência. A pesca acontece durante a noite, quando o canto dos pássaros tão comuns no porto Huangguang no município de Jinshan, em Taiwan.

Em um primeiro momento, uma pessoa não nativa da região pode imaginar que as atividades no porto de Huangguang se encerrem durante a noite. Entretanto, é durante este período do dia, em uma determinada época do ano, que acontece a pesca com fogo. A técnica que tem sido passada de geração em geração acontece devida as abundantes reservas de enxofre na região.

Os pescadores taiwaneses utilizam rochas sulfúricas para criar um gás inflamável que é transportado para uma espécie de tocha de bambu disposta na traseira do barco. O fogo resultante da engenhoca é tão brilhante que atrai milhares de sardinhas para a superfície da água. Os pescadores chegam a passar 12 horas, noite adentro, pescando as sardinhas em redes de malha.

Apesar de toda a força da tradição, a prática agora esta morrendo lentamente. Cada menos os pescadores têm a utilizado, uma vez que ela se encontra desatualizada e é mais trabalhosa. Alguns moradores da região têm lutado para despertar a consciência sobre a cultura da pesca com fogo. Tudo para que a prática ancestral, muito importante ao patrimônio cultural, não caia no esquecimento.

Prática ancestral

Segundo a Taiwan"s North Coast and Guanyinshan National Scenic Area Administration, só restam quatro barcos de pesca de fogo em Jinshan. Assim, criou-se o Jinshan Sulfuric Fire Fishing Festival, que costuma acontecer de maio a julho. Em algumas edições, dependendo do financiamento disponível, o festival, além do resgate as tradições com atividades relacionadas à pesca com fogo, também oferece apresentações de artistas locais, entre outras atividades.

A organização do mesmo espera que cada vez mais os jovens, bem como seus pais e familiares, possam se sentir conectados a esta tradição da região, valorizando prática e os costumes locais.

A grande atração do festival são os passeios de barco noturnos. Neles, os espectadores são levados em outras embarcações ao lado dos barcos de pesca de fogo. De modo que eles possam ver de perto todo o espetáculo que agora luta para sobreviver. Partindo da capital de Taiwan, Taipei, durante a jornada até Jinshan, os turistas podem visitar templos abandonados e fábricas de tijolos.

As viagens costumam acontecer de ônibus, e atravessam passagens íngremes pelas montanhas. Os guias turísticos costumam falar apenas o Mandarim. Em dias em que o clima está bom, eles costumam durar cerca de quatro horas. O que é tempo suficiente para uma introdução à história da indústria pesqueira de Jinshan.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Já haviam ouvido falar da pescaria com fogo? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos. Lembre-se, o feedback de vocês caros leitores, é muito importante para nós.

Próxima Matéria
Via   Atlas Obscura  
Imagens Taiwan News
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+