• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça a história da farsa musical que enganou até mesmo a premiação do Grammy

POR Erik Ely    EM Entretenimento      05/02/20 às 18h32

Você já ouviu falar da dupla Milli Vanilli? Essa é a história da farsa musical, que enganou até mesmo a premiação do Grammy. Contudo, rapidamente, o grupo foi desmascarado, e hoje, essa a história é lembrada por milhares de fãs que ainda estão escandalizados.

No final dos anos 1980, Milli Vanilli teria alcançado um sucesso internacional. No entanto, para a surpresa de todos, tudo não passou de um playback, e na verdade, o dueto alemão apenas dublava as músicas.

Os cantores não passavam de dubladores

Entre os anos 1988 e 1990, uma dupla de reggae se destacou na Alemanha. Contudo no auge de seus sucesso, eles foram desmascarados como uma fraude para a indústria musical. Dito isso, estamos falando de Rob Pilatus e Fab Morvan, que se associaram a partir do agenciamento de Franz Faria. Dessa forma, em 1988, eles criaram o grupo Milli Vanilli. Depois disso, o sucesso da dupla foi instantâneo. E em pouco tempo, eles levaram o Grammy de "Melhor Artista Estreante", em 1990.

Tudo estava indo muito bem, fora o fato de que, desde cedo, haviam dúvidas de que a dupla não cantava as próprias músicas. Com isso, algumas falhas técnicas poderiam ter entregado os artistas, mas na época, foram ignoradas. Além disso, artistas como Charles Shaw já haviam denunciado o grupo como fraude. Mas depois descobriríamos que o artista teria se calado, após receber mais de um milhão de dólares em propina.

No ano de 1990, a dupla havia alcançado o maior prêmio da música internacional, e com a ascensão, o sucesso havia subido às cabeças dos "cantores". Para se ter uma ideia, Rob Pilatus começou a usar cocaína e já se comparava a Jimmy Hendrix, Bob Dylan e Elvis Presley. Contudo, com o tempo, as aparições da dupla começaram a manchar cada vez mais a imagem da dupla. E os boatos de que as canções eram dubladas continuavam a ofuscar o sucesso da banda. Além disso, a arrogância dos artistas, só conseguiru expor mais a ausência de seus talentos.

Quando tudo foi revelado para o mundo

Ainda em 1990, chegou um momento em que as acusações e especulações criaram um cenário tão tenso, que não havia mais para onde correr. Por isso, Franz Farian, agente da dupla, decidiu admitir toda a farsa. De fato, nenhum dos dois era intérprete das músicas, mas sim, outros artistas que foram silenciados, como Charles Shaw, John Davis e Brad Howell.

No papel o plano parecia ótimo, os autores originas seriam excelentes, mas seria muito mais rentável veicular as canções através de uma dupla de jovens promissores e sensuais. No final das contas, essa não passava de mais uma artimanha publicitária da indústria musical. De acordo com Farian, ele teria conhecido Pilatus e Morvan em uma discoteca de Berlim. Depois disso, percebeu que aqueles dois poderiam vender discos.

Na época, a comissão do Grammy chegou a retirar o prêmio da Milli Vanilli. Contudo, os prêmios da American Music Award nunca foram retirados. Além disso, a dupla também foi demitida da gravadora e processada por diversas pessoas. Contudo, anos depois, os cantores tentaram se reerguer com outros projetos, mas nunca atingiram as mesmas dimensões do que, um dia, foi o Milli Vanilli.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+