icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Conheça Kim Jong-chul, o irmão 'ovelha negra' de Kim Jong-un

POR Cristyele Oliveira EM Curiosidades 01/03/20 às 01h04

capa do post Conheça Kim Jong-chul, o irmão

Kim Jong-un é o líder supremo da Coreia do Norte e o Presidente do Partido dos Trabalhadores da Coreia desde 2012. Ele é o filho caçula de Kim Jong-il e sua esposa Ko Young-hee. Por ser o filho mais novo, naturalmente ele seria o último na linha de sucessão do seu pai. No entanto, seus outros dois irmãos mais velhos não preencheram os requisitos impostos pelo pai. O seu irmão do meio, Kim Jong-chul perdeu o cargo de líder norte-coreano para o caçula por ser considerado "muito fraco e feminino" para o cargo pelo próprio pai. O ex-líder do país morreu em 2011, e deixou o cargo para o caçula Jong-un.

Jong-chul é o que, para nós, seria a ovelha negra da família. Pouco visto em público, embora pareça muito descontraído, o irmão mais velho de Kim Jong-un vive sem nenhuma herança política. Mas ainda assim encontrou um jeito de curtir a vida e o dinheiro herdado da família. Ele é conhecido por estar sempre viajando e conhecendo os hotéis mais caros do mundo. Além de seguir turnês de shows do astro Eric Clapton. Além de ser tido como o chefe de um grupo de filhos de "poderosos asiáticos" baderneiros.

O irmão do meio

Recentemente, Kim Jong-chul, de 33 anos, foi visto em público, usando óculos escuros e jaqueta de couro. Sem grandes surpresas, estava em um show do ídolo, Eric Clapton no Royal Albert Hall, em Londres. O irmão do líder da Coreia do Norte é sempre apontando como sendo "muito sensível e desposado". Esse é provavelmente o motivo real para o pai Kim Jong-il não tê-lo escolhido para seu substituto. Ao invés dele, o caçula, Kim Jong-un foi escolhido para assumir o cargo supremo do seu país.

Muito fã de Clapton, o filho do meio de Jong-il estudou na Escola Internacional de Berne, na Suíça. Durante essa época, ele teria escrito, durante uma aula, um poema pacifista, no qual narrava o seu desejo por um mundo sem armas, sem guerras e sem ditadores.

"Se eu tivesse meu mundo ideal, eu não permitiria armas e bombas atômicas nunca mais e todo mundo seria feliz: sem guerra, sem morte, sem lágrimas", escreveu, em texto revelado por um jornal, em 2009.

Família poderosa

Além dos vários shows de Clapton, Jong-chul ainda é apontado como sendo o chefe da chamada "Ponghwajo" ou "Grupo Torch", um grupo de filhos de líderes comunistas. Muitos deles influentes na China, filhos de funcionários norte-coreanos e membros militares e seniores do gabinete.

Graças à influência dos pais, esses jovens teriam cargos de trabalho em organizações poderosas, mas sem nenhum tipo de aspiração política. Assim, sendo autorizados a "fazer o que bem quiserem". Como por exemplo, ganhar dinheiro para os membros e para o Estado, com a venda de drogas e moedas falsas no mercado negro.

Já o irmão mais velho de Kim Jong-chul e Kim Jong-un, o primogênito Kim Jong-nam também foi deixado de lado. Pelo visto, ele também não preencheu os requisitos do pai e não foi escolhido para o cargo de líder supremo pelo pai. Isso, apesar de ser o primeiro na linha de sucessão. Uma das justificativas é que ele foi detido usando um passaporte falso em uma viagem para o Japão. Desde então, Jong-nam viaja pelo sul asiático fugindo incessantemente do irmão mais novo.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest