icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Conheça o medicamento mais caro do mundo e o que ele faz

POR Bruno Dias EM Curiosidades 28/05/19 às 18h56

capa do post Conheça o medicamento mais caro do mundo e o que ele faz

Sempre que aparece uma dorzinha de cabeça, aquele incômodo estomacal ou talvez uma dor muscular, imediatamente, temos o instinto de tomar algum remédio para que esses pequenos incômodos não atrapalhem a agitação da vida cotidiana. E assim, para esses inconvenientes não nos impeçam de realizar nossas obrigações diárias. Todos nós temos em casa aquela gaveta onde deixamos nossos remédios para quando alguma emergência acontece ou quando sentimos algum incômodo se aproximando e queremos nos prevenir da enfermidade.

Quando ingerimos qualquer tipo de remédio sem consultarmos um médico previamente, estamos nos automedicando. Essa é uma atitude bem comum mas, o que tem de mais nisso? O problema está relacionado ao uso indiscriminado de medicamentos. Ou seja, uma maneira de curar todas as doenças promovendo bem-estar. E isso pode ser prejudicial quando usamos excessivamente um medicamento.

Uma pessoa que se automedica está propensa a correr alguns riscos, como a intoxicação. De acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária): "a intoxicação por medicamentos ocupa o primeiro lugar dentre as causas de intoxicação registradas em todo o país, à frente dos produtos de limpeza, dos agrotóxicos e dos alimentos estragados".

Os remédios que lideram a lista de classes que mais intoxicam são os analgésicos, antiinflamatórios e antitérmicos. Mas por mais que o automedicamento seja uma coisa ruim, os medicamentos em si são uma coisa boa. Poder curar doenças ou amenizar a dor das pessoas é uma coisa boa que o avanço da medicina deu aos seus pacientes.

Alguns medicamentos são bastante acessíveis e todos podem comprar. Mas existem aqueles que são bastante caros. Como é o caso do medicamento que a agência federal dos medicamentos norte-americana, a Food and Drug Administration, aprovou esse mês.

Esse medicamento é um novo tratamento de ponta para atrofia muscular espinal, que é uma doença rara. Ela é a principal causa de morte genética entre as crianças.

Medicamento

O medicamento Zolgensma, produzido pela AveXis da Novartis, é uma terapia única para tratar a doença no nível genético. Os efeitos desse medicamento duram muito tempo, mas ainda não se sabe se eles são permanentes.

O preço desse medicamento foi fixado num total de 2,1 milhões de dólares por ano ou cinco parcelas de 425 mil. E é exatamente isso que o faz ser o medicamento mais caro do mundo.

Esse medicamento foi apresentado pelos administradores da farmacêutica suíça em uma conferência de imprensa. Segundo eles, "é um preço justo e razoável" por causa da qualidade de vida que ele proporciona.

E antes eles tinham sugerido que o custo do medicamento poderia chegar até os cinco milhões de dólares. Isso porque o tratamento é muito caro e espera-se que o Zolgensma tenha benefícios a longo prazo.

O primeiro tratamento para essa atrofia muscular espinhal foi o Spinraza e ele custava até 750 mil dólares no primeiro ano de tratamento. Depois disso, o seu valor ia para 375 mil.

"Zolgensma vai criar uma vida inteira de possibilidades para as crianças e famílias afetadas por essa condição devastadora", disse o presidente executivo da Novartis, Vas Narasimhan.


Próxima Matéria
Imagens Pm live
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest