• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o método brasileiro que curou o câncer

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      14/10/19 às 21h35

Como todos sabemos, o câncer é uma das doenças mais mortais de todas. Existem vários tipos de câncer, cada um com um tipo de tratamento. Porém, nem todos têm cura e muitos pacientes acabam perdendo a luta contra a doença. Mas, graças ao avanço da tecnologia e ao estudo constante em busca do melhor tratamento para a doença, estamos caminhando para uma cura definitiva do câncer. Pelo menos, é o que tem mostrado esse novo método desenvolvido no Brasil.

Para provar isso, temos o caso de um paciente, de 64 anos, que tinha um linfoma em fase terminal e que foi submetido a um tratamento inédito na América Latina. O homem, que precisava tomar morfina todos os dias para aliviar as fortes dores, deixou o hospital no último sábado, completamente livre dos sintomas da doença. Graças ao método 100% brasileiro, que consiste em uma técnica de terapia genética, o paciente Vamberto Luiz de Castro está livre da doença.

O caso

O servidor público aposentado, Vamberto Luiz de Castro,foi submetido ao tratamento de quimioterapia e radioterapia, os dois mais usados em casos de câncer como o dele. Porém, o paciente não respondeu bem a nenhuma das duas técnicas.

Então, ele passou a receber um tratamento paliativo, com doses diárias de morfina para aliviar os desconforto e as dores. Ele deu entrada no Hospital das Clínicas, em Ribeirão Preto, no último dia 9, com dificuldades para andar. Nesse estágio, o seu tumor já havia se espalhado para os ossos.

Segundo os médicos, a sua previsão de vida era de menos de um ano. Contudo, nem os médicos e nem o paciente desistiram. Como última tentativa, Vamberto foi incluído em um "protocolo de pesquisa" a fim de testar uma nova terapia, até então, inédita no Brasil, a CART-Cell.

O método

A CART-Cell é uma terapia genética, que já é utilizada nos Estados Unidos, Europa, China e Japão. O método consiste na manipulação das células dos sistema imunológico, para combater as células causadoras do câncer.

"As células vão crescer no organismo do paciente e vão combater o tumor", explica Renato Luiz Cunha, um dos responsáveis pelo estudo. "E desenvolvemos uma tecnologia 100% brasileira, de um tratamento que nos EUA custa mais de US$ 1 milhão. Esperamos que ela possa ser, no futuro, acessível a todos os pacientes do SUS", comemora Cunha.

De acordo com os médicos que atenderam Vamberto, o paciente respondeu muito positivamente ao tratamento. Afinal, logo nos primeiros quatro dias, deixou de sentir as fortes dores causadas pelo tumor.

"Essa primeira fase do tratamento foi milagrosa", afirma o hematologista, Dimas Tadeu Covas. Ele é coordenador do Centro de Terapia Celular e do Instituto Nacional de Células Tronco e Terapia Celular. "Não tem mais manifestação da doença, ele era cheio de nódulos linfáticos pelo corpo. Sumiram todos. Ele tinha uma dor intratável, dependia de morfina todo dia. É uma história com final muito feliz".

Os pesquisadores da USP, em uma parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e o Conselho Nacional de Pesquisa, criam uma forma própria de aplicar a técnica CART-Cell. Essa que foi desenvolvida originalmente nos Estados Unidos.

Enfim, e você, o que achou desse novo método que promete curar o câncer? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Via   G1  
Imagens G1
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+