• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o rapper brasileiro que lançou seu álbum em um grupo de WhatsApp

POR Erik Ely    EM Entretenimento      25/12/19 às 22h38

Conhecido pelas mobilizações de fãs nas redes sociais e pelas letras fortes, FBC é o rapper brasileiro que lançou seu álbum em um grupo de WhatsApp. Sendo seu segundo álbum lançado no ano e o terceiro de sua carreira, "Best Duo" tinha previsão de lançamento para fevereiro do próximo ano. Contudo, FBC decidiu lançar seu trabalho de uma forma única, longe das plataformas digitais, através de arquivos de MP3 no aplicativo WhatsApp.

Com dez faixas e participações especiais de diversos artistas, como Djonga e Paige, o álbum é feito pelos rappers, FBC e "Sua Mãe", que compõem o "best duo". Mas a forma como tudo "viralizou" no Twitter, fez com o que o lançamento do álbum fosse muito mais próximo dos fãs.

De Belo Horizonte para o mundo

Tudo começou quando o cantor anunciou no Twitter, que abriria um grupo de WhatsApp, para divulgar seu mais novo álbum. Contudo, o máximo de pessoas logo foi alcançado, mas a repercussão também gerou o interesse de outras pessoas que acompanham o trabalho do artista. Dessa forma, os fãs começaram a criar uma espécie de corrente. Atualmente, para conseguir o álbum, basta responder qualquer tweet do artista, que rapidamente alguém irá enviá-lo.

Devido a rápida repercussão, em menos de 24 horas, FBC conseguiu fazer com o que pessoas de outros estados enviassem as canções, umas para as outras. Foi isso o que aconteceu com a estudante, Ana Luiza, que não se contentou apenas em receber a produção, e logo, começou a espalhar para quem a pedisse. "Eu pedi e mandaram. Depois disso, vi que tinha muita gente pedindo e quis ajudar, acho que já enviei para mais de 40 pessoas. Comecei a acompanhar o trabalho do FBC este mês, mas se for para dar uma nota, dou dez", disse Ana Luiza.

O mesmo ocorreu com o arquiteto e músico de Brasília, Everson Santos, que já repassou as músicas para cerca de 80 pessoas. "Uma pessoa de Recife me mandou. Acompanho o FBC desde S.C.A (primeiro álbum do cantor, lançado em 2017)". Em um Tweet, Everson disse que é "essencial" passar a mensagem de FBC.

Conhecendo o "Padrim"

Não é a primeira vez que FBC utiliza de sua força, nas redes sociais, para divulgar um trabalho. Com isso, ainda nesse ano, o cantor também motivou seus fãs a tweetarem "15/11", data de lançamento do seu segundo disco, "Padrim". Contudo, o movimento estava apenas começando. De fato, com a repercussão, fãs começaram a incentivar outros artistas e famosos a também divulgarem o lançamento do disco.

De fato, o resultado foi positivo. Whindersson Nunes, Maísa, Marília Mendonça, Felipe Neto e até a conta oficial do Spotify Brasil tweetaram a data. "Muito obrigado a todo mundo que ajudou a subir a hashtag. Graças a Deus, as pessoas de todos os gêneros vieram com a gente. Não fiz faculdade de marketing, nem terminei a escola. Mas a humildade e persistência me trouxeram aqui", disse FBC, em um vídeo antes do lançamento.

De acordo com FBC, essa pequenas ações fazem a diferença. "Temos que nos preocupar com as micro revoluções, tipo enviar um álbum pelo zap e unir o Brasil. Isso é uma micro revolução. Agricultura familiar, isso é uma micro revolução. Pobres e pretos como maioria nas faculdades, e por aí vai", disse FBC, em um tweet.

FBC veio da zona oeste de Belo Horizonte. No entanto, conseguiu unir seus fãs do Brasil inteiro. Nesse hiato, em que o álbum ainda não chegou nas plataformas digitais, para ajudar, é só comentar em algum tweet do artista. É só clicar aqui, para encontrar seu perfil no Twitter. E depois disso, em pouco tempo, você já estará com "Best Duo" tocando nas caixas. Além disso, enquanto o disco não chega ao streaming, é possível conferir seu último videoclipe, "Confio".

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+