• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça o vaso sanitário capaz de detectar doenças a partir de fezes e urina

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      22/04/20 às 18h02
foto de destaque

Infelizmente, estamos expostos a vários tipos de doenças a todo o momento. A prova disso é o novo coronavírus que faz de nós, seres humanos, tão frágeis e a única forma de lidar é correndo e se protegendo. Não apenas a vírus, mas a diversos outros tipos de males estamos expostos e corremos riscos. Por esse motivo, a medicina é tão importante para nós, assim como a ciência que está sempre estudando curas e prevenções. Podemos nos deparar diariamente com notícias de que cientistas conseguiram fórmulas para combater um tipo de doença. Descobriram caminhos para realização de cirurgias etc.

Diante do avanço de doenças nas pessoas, estudiosos fazem de tudo para facilitarem os testes. É por isso, que temos tantas novas invenções, sejam em aparelhos com super tecnologia ou exames que dão o resultado rapidamente. Seria ainda melhor se pudéssemos ter algum diagnóstico de forma mais rápida, com um processo podendo ser realizado no dia-a-dia. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade Stanford, dos Estados Unidos, conseguiram desenvolver um sistema conectado a um vaso sanitário. Esse será capaz de detectar doenças a partir do cocô e xixi das pessoas. A novidade visa inovar á área da medicina do mundo inteiro. Confira conosco mais detalhes.

Vaso sanitário que detecta doenças a partir de excretos

Os estudiosos da Universidade de Stanford desenvolveram um novo sistema. Esse está conectado ao vaso sanitário e detecta diversas doenças, inclusive alguns tipos de câncer, como colorretal e de próstata. Isso tudo a partir de cocô e xixi. Além disso, manda todos os dados para o smartphone do usuário. Essa invenção foi descrita em um artigo publicado na revista Nature no último dia 6 de abril. "Quando eu falava sobre isso, as pessoas riam porque parecia uma ideia interessante, mas também um pouco estranha", disse Sanjiv "Sam" Gambhir. Esse é professor de Stanford e principal autor do estudo.

A tecnologia consiste em uma tampa de vaso sanitário. Essa conta com um sensor de movimento para detectar fezes e doenças. Ao receber o material, o sistema executa uma série de testes. As amostras são submetidas a análises físicas e moleculares. A avaliação do cocô é baseada em características físicas. O vaso identifica o usuário por meio de um sistema de coleta de digitais na descarga, além de uma câmera que digitaliza o ânus.

Esses dados extraídos são enviados para o celular da pessoa em um sistema seguro, localizado na nuvem. A ideia é de que os dados sejam integrados ao sistema de manutenção de registros de qualquer prestador de serviços e saúde. O estudioso acredita que essa privada um dia vai estar no banheiro de muitas casas. "É como comprar um complemento de bidê que pode ser montado diretamente no seu banheiro".

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens MSN
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+