• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça os bichos que vivem em seu rosto

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      08/09/14 às 16h39

Você pode ter o maior cuidado do mundo com sua pele, hidratar, limpar corretamente todos os dias e assim por diante. Mas nem isso vai te livrar de alguns "hóspedes" microscópicos, que convivem com os seres humanos há milhares de anos... então, nem tente achar que se esbofetear vai te deixar livre dos ácaros ( do tipo Demodex) que estão na sua face nesse momento!

Esses bichinhos são aracnídeos e mantém um convívio tranquilo com o ser humano, embora seja aterrorizante pensar que eles caminharam sobre você durante toda vida. Aliás, eles não são os causadores dos indesejáveis cravos, como você pode estar imaginando, mas se houver um desequilíbrio nessa relação, é possível que eles piorem o processo inflamatório dessas erupções que aparecem no rosto; além de sua superpopulação também poder dar origem a outras doenças de pele.

1

Mas, como já dissemos no começo, nem adianta pirar. Um fato sobre a vida é que TODO MUNDO tem ácaros. Acontece, no entanto, que a existência desse bichinhos era muito difícil de provar, embora houvessem suspeitas, uma vez que sempre foi muito complicado para os estudiosos encontrarem esses aracnídeos vivos no rosto de alguém.

Conforme os cientistas, as técnicas usadas para tirar amostras de pele e tentar encontrar os ácaros microscópicos (veja outros bichos microscópicos com os quais convivemos) eram falhas e consistiam, basicamente, em raspagens ou em puxar um pedaço de fita adesiva colada à pele. Mas, mesmo sem vê-los, os pesquisadores conseguiram detectar o DNA dessas criaturinhas em 100% das 253 pessoas que participaram da pesquisa liderada pelo biólogo molecular Dan Fergus, do Museu de Ciências Naturais da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

Outra coisa que intrigava os cientista era descobrir como nós adquirimos esses "hóspedes" há tanto tempo. Segundo afirmam, é possível que essa seja uma herança de nossos ancestrais símios (sim, os que chamamos de antepassados macacos!). Assim, eles (os ácaros) encontraram em nós o melhor ambiente possível para sobreviver e acabaram ficando...e evoluindo juntamente com nossa espécie, o que é ainda mais engraçado!

Além do mais, como os ácaros que vivem conosco estão divididos em duas categorias (Demodex folliculorum e Demodex brevis) é possível que os seres humanos tenham adquirido cada uma dessas espécies de ácaros de diferentes maneiras. Inclusive, mesmo que não existam provas suficientes para dizer que os humanos tenham ácaros de cães, pelo que tudo indica, é possível que essa espécie de animais domésticos, que nos acompanham ao longo da história - assim como cabras e outros bichos que costumamos criar - tenham "compartilhado" seus ácaros com a gente.

E aí, gostou de saber disso? (A gente não...)

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+