icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Conheça os riscos de dar descarga com a tampa do vaso sanitário aberta

POR Diogo Quiareli EM Curiosidades 18/06/20 às 14h53

capa do post Conheça os riscos de dar descarga com a tampa do vaso sanitário aberta

Estamos, a todo o momento, expostos aos perigos do mundo. Sejam esses os físicos mais intensos, como um acidente mortal ou os menos visíveis, como o contato com um vírus ou bactéria. Diante da pandemia que estamos enfrentando, fica ainda mais perigoso "viver" como costumávamos. Precisamos adotar novos costumes, sejam de limpeza ou as precauções para não se contaminar com o novo coronavírus. Usar máscara, lavar bem as mãos e manter a distância adequada são as medidas essenciais para evitar a propagação do vírus. No entanto, há outros cuidados que devemos ter, principalmente dentro de casa. Um deles tem a ver com a descarga com a tampa do vaso sanitário aberta.

Profissionais da saúde recomendam certificar-se de que a tampa do vaso está fechada quando for dar descarga. Principalmente quando usamos o sanitário para fazer o número 2. Acredite ou não, mas dar a descarga com a tampa aberta pode ser muito mais perigoso do que podemos imaginar. Diante desses perigos, decidimos trazer para você, caro leitor, a explicação de o porque devemos ter cuidado nessa hora. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Perigos de dar a descarga com a tampa do vaso aberta

Esse alerta vem de um estudo do Instituto Americano de Física. Ele foi publicado no último dia 16 de junho na revista científica Physics of Fluids. Todos nós já sabemos que o novo coronavírus, o Sars-CoV-2, pode sobreviver no trato digestivo humano. Dessa forma, pode aparecer nas fezes das pessoas infectadas. Embora ainda que não saibamos exatamente se essa pode ser uma via de contaminação, é preciso tomar cuidado. Os pesquisadores decidiram então investigar o potencial que uma simples descarga de disseminar microrganismos nocivos.

O artigo explica ainda que a descarga do sanitário é capaz de criar uma turbulência. Isso faz com que as bactérias se espalhem com mais facilidade. Não só as bactérias, mas os vírus em geral. Para essa investigação, a equipe usou modelos computacionais que simulam o fluxo de água e ar em um vaso sanitário. Além disso, a nuvem resultante de gotículas. os estudiosos ainda fizeram uma simulação do movimento dessas partículas ao serem ejetadas.

Esses estudos comprovaram que a descarga cria vórtices. Esses lançam então microrganismos no ar a uma altura de quase um metro. Podendo assim ser inaladas ou atingir superfícies. As gotículas são extremamente pequenos e flutuam no ar por mais de um minuto. A facilidade de contaminação é ainda maior em um banheiro usado com frequência, como um familiar por exemplo. De fato, o uso "incorreto" do banheiro pode trazer mais danos do que poderíamos imaginar.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest