• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Conheça a verdadeira história por trás da boneca Annabelle

POR Gabriela Tyemi    EM Séries e Sagas      24/08/17 às 17h28

Em 1970, Donna, uma estudante de enfermagem, recebeu uma antiga boneca Raggedy Ann de sua mãe como presente de aniversário. Ela levou a boneca de volta ao seu pequeno apartamento que compartilhava com a sua colega de quarto, Angie, e a colocou na sua cama. No início, ambas as mulheres observaram que a boneca tinha começado a assombrá-las, mas então começaram a perceber que a boneca tinha começado a mudar de posição e se mudar para diferentes cômodos. Algumas vezes ela estava sentada com as pernas e braços cruzados no sofá, outras vezes de pé encostada na cadeira da sala de jantar.

Cerca de um mês depois das experiências assustadoras, Donna e Angie passaram a encontrar a frase "Nos ajude", escrita em um pergaminho, com a caligrafia que parecia ser de uma criança. Aparentemente, além de se mover, a boneca assustadora conseguia escrever.

Sabendo que elas deveriam fazer algo sobre essa boneca sinistra, as colegas de quarto entraram em contato com uma médium. Na sessão, Donna e Angie entraram em contato com um espírito chamado Annabelle Higgins, que contou a sua história. Annabelle explicou que ela era uma jovem que vivia perto do complexo de apartamentos que as mulheres moravam, e que sentia conforto e segurança perto delas. Sentindo compaixão pelo espírito da menina, Donna permitiu que ela continuasse na boneca e ficasse com elas. Depois de um tempo, descobriram que a Annabelle não era tão inofensiva quanto parecia ser.

Lou, um amigo das colegas de quarto, nunca gostou da boneca e advertiu Donna para se livrar dela. Uma noite, suas advertências se tornaram realidade. Despertado de um sono profundo, Lou ficou completamente paralisado. Olhando para os seus pés, viu a Annabelle e tentou escapar lentamente, até que a boneca começou a estrangulá-lo até desmaiar. Ele acordou na manhã seguinte, certo de que tudo aquilo não era um sonho.

O próximo encontro terrível, ocorreu quando ele e Angie estavam sozinhos no apartamento, preparando-se para uma viagem no dia seguinte. Ouvindo ruídos bruscos de dentro do quarto da Donna, Lou dirigiu-se silenciosamente até a porta do quarto, esperando que os ruídos desaparecessem. Depois de entrar e acender a luz, ele percebeu que o cômodo estava vazio, exceto pela boneca que parecia ter sido apressadamente jogada no canto do quarto. Quando ele se aproximou da boneca ele teve a impressão de que alguém estava atrás dele. Ao virar, ficou surpreso ao descobrir que ninguém mais estava lá. Então, em questão de segundos, ele agarrou seu peito, se dobrou e sangrou. No peito havia sete marcas de garras distintas, três verticalmente e quatro horizontalmente, todos estavam quentes como queimaduras.

Depois do ocorrido, Donna começou a acreditar que o espírito não era o da jovem, e decidiu contatar um padre chamado Pe.Cooke, que chamou o Ed e a Lorraine Warren - conhecidos por investigarem o famoso caso de Amityville. Os profissionais chegaram à conclusão de que a boneca não estava possuída, mas sim, manipulada por uma presença desumana (um demônio) que usava a boneca para criar a ilusão de estar viva. Os Warren disseram que a presença desumana não procurava ficar apegada à boneca, e estava procurando um hospedeiro humano.

Esse demônio começou a mover a boneca para que as moradoras do apartamento notassem a sua presença. Quando Donna e Angie levaram uma médium para se comunicar com ele, o espírito demoníaco foi capaz de se comunicar e se apegar às vulnerabilidades emocionais das meninas, fingindo ser uma jovem inofensiva e perdida. Os Warrens acreditavam que a próxima etapa do demônio seria a possessão humana completa. Se essas experiências tivessem durado mais 2 ou 3 semanas, o espírito teria possuído, prejudicado ou matado as ocupantes da casa.

Na conclusão da investigação, os Warrens sentiram que era conveniente fazer a recitação de uma bênção de exorcismo para limpar o apartamento. A pedido de Donna, e como uma precaução adicional para que nenhum mal pudesse acontecer na casa novamente,  os Warrens levaram a boneca de pano junto com eles. Eles tiveram um caso especial com a Annabelle, no lugar onde ela reside atualmente. O caso fez com que parassem de levar a boneca em outros locais, mas a entidade terrível que está apegada a ela ainda reside o local, esperando e sem dúvida aguardando a próxima vítima.

O que você achou da verdadeira história da boneca Annabelle? Bem mais assustador, não é mesmo? Comente e compartilhe a matéria.

Próxima Matéria
Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+