• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Criatura bizarra e fatal aos cães é encontrada em praia australiana

POR Diogo Quiareli    EM Mundo Animal      28/02/20 às 15h05

Quando falamos de Austrália, as primeiras coisas que vêm em nossas mentes, são as praias cheias de surfistas, o verão intenso e, é claro, os animais mais exóticos que poderíamos ver. O país é o berço de criaturas um tanto medonhas e outras bastante agradáveis de se ver. Para quem gosta de aventuras com a natureza, esse é o lugar perfeito para se passar as férias. É na Austrália que podemos, de maneira comum, ver os famosos cangurus. Além desses, há uma criatura mais estranha do que a outra, como morcegos gigantes, aranhas maiores do que uma mão de um adulto e coalas encantadores.

Vez ou outra, podemos nos deparar com notícias de que uma criatura diferente foi vista em algum lugar da Austrália. Essas descobertas são feitas na água ou na terra. Muitas vezes, são achadas nas praias, pois são deixadas lá pelas ondas do mar. Recentemente, uma publicação chamou a atenção do mundo. Um homem encontrou uma estranha criatura e os noticiários alertaram que o achado é, na verdade, um tremendo terror aos cães. Muitas pessoas passaram a procurar mais informações sobre isso e nós trouxemos para você, caro leitor. Confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Criatura bizarra que é fatal aos cães

Um homem passeava pelo litoral de Fremantle, cidade no sudoeste da Austrália, quando encontrou a criatura. Um pouco assustado, o rapaz decidiu postar uma foto em seu Facebook. A legenda era: "Identifique essa coisa de aparência alienígena que apareceu na praia de Leighton". Sua publicação viralizou e diversas pessoas comentaram. Um dos comentários sugeria que o homem pegasse o animal com uma sacola plástica e jogasse fora. Outra pessoa especulou que se tratava de um "assassino de cães".

O que ninguém sabia é que aquilo era uma lebre-do-mar, como disse um especialista ao Yahoo News Australia. O professor Calum Brown, do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Macquaire, disse que essa criatura produz corante púrpura quando alarmada. "Eles são levemente tóxicos, dependendo das algas que comem", disse Brown. Existem no total, 23 espécies conhecidas de lebres-do-mar no Oceano Indo-Pacífico.

Espécimes adultos chegam a pesar 14 quilos. Parecidos com os polvos, elas têm a capacidade de expelir uma tinta cheia de toxinas. No entanto, usam-na mais como mecanismo de defesa do que para atacar. O internauta que comentou que aquilo era um "assassino de cães", não estava errado. O veterinário associado da Swans Veterinary Services, Joshua Ovens, disse que se você acredita que seu cão tenha comido uma lebre do mar, você precisa chamar um veterinário. Isso tem que ser feito imediatamente. Isso porque as toxinas do animal marinho podem ser fatais aos cães.

E aí, o que você achou dessa matéria? Já sabia da existência dessa criatura bastante curiosa? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale sempre lembrar que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens G1
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+