icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


De acordo com afirmação dos cientistas o universo é realmente plano

POR Bruno Dias EM Curiosidades 10/06/20 às 15h15

capa do post De acordo com afirmação dos cientistas o universo é realmente plano

Segundo estudos antigos e observações, o universo é tudo o que existe fisicamente, a soma do espaço e do tempo e, é claro, as diversas formas de matéria. Sempre foi acreditado que o universo é, na verdade, infinito. Que um corpo pode viajar pela eternidade no espaço e assim nunca encontrará uma borda. No entanto, há quem discorde totalmente disso.

O fato é que o universo não é uma mistura de material espacial sem estrutura. Mas ainda não se sabe como ele é montado. O que é sabido é que tudo está conectado por uma grande rede filamentar. E se tende a observar que as galáxias são distribuídas nele, de uma forma um tanto quanto aleatória.

Mas como o universo e tudo que o circunda sempre foram um tópico de muita curiosidade, os cientistas não param de fazer descobertas a respeito disso. Elas podem ser totalmente contraditórias ao que se sabia antes, podem reforçar ideias, ou até mesmo fazer com que ideais, já descartadas, sejam reconsideradas.

Formato

Durante vários anos, diversos cientistas consideraram que o nosso universo era plano. Depois de um tempo, eles acharam que, na verdade, vivíamos dentro de uma esfera gigante e fechada. E que se um corpo vagasse pelo espaço, poderia encontrar uma borda, como se fosse uma cúpula.

Mas agora, segundo novas medidas precisas da energia escura, que é a força que se acredita estar impulsionando a expansão do universo, os cientistas mudaram a sua visão sobre o formato do universo.

Eles acreditam que nosso universo é totalmente plano. Conforme a forma que os astrônomos medem o impacto da energia escura melhorou, uma equipe de cientistas da Universidade de Portsmouth descobriu que o universo pode ser espacialmente plano. Ao invés de ter uma forma de bolha, como se era pensado.

Fazendo essa mudança, eles podem ter resolvido um grande debate astronômico. Antes, os cientistas mediam a energia escura rastreando supernovas distantes. Mas ao invés disso, os cientistas de Portsmouth fizeram a análise de mais de um milhão de galáxias e quasares.

Com esses dados, é possível ter uma compreensão muito melhor de como a energia escura empurra o universo para fora. E isso poderia finalmente resolver o debate que está em andamento sobre a constante de Hubble. Ela é um valor contestado que mostra a rapidez com que o universo está se expandindo.

Estudo

É importante saber que, quando os cientistas dizem que o universo é plano, isso não quer dizer que ele é necessariamente parecido com uma folha de papel, que vai se expandindo de forma infinita.

Estudos a mais são necessários para determinar se o universo pode ser dobrado em uma forma parecida com a de um donut e ser ainda considerado "plano", de acordo com os modelos cosmológicos.

"Este resultado mostra o poder das pesquisas da galáxia para determinar a quantidade de energia escura e como ela evoluiu nos últimos bilhões de anos. Estamos fazendo medições realmente precisas agora e os dados ficarão ainda melhores com novas pesquisas entrando online em breve", disse o cosmólogo de Portsmouth, Seshadri Nadathur.


Próxima Matéria
Via   Futurism  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest