• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Death Note - Confira as primeiras impressões da adaptação live action da Netflix

POR Gabi Noronha    EM Notícias      22/08/17 às 13h51

Com mais assinantes do que muita empresa de televisão à cabo mundo afora, a Netflix mostrou que a internet pode (e faz) conteúdo de qualidade. Com um começo tímido, o canal de streaming hoje virou sinônimo de coisa boa. Despida de falsas moralidades e munida de uma equipe criativa que possui total liberdade de criação, a Netflix não tem medo de ousar e, por isso, atualmente ela procura investir cada vez mais em produções originais mesmo que, ironicamente, cancele alguns títulos no meio do caminho. E uma das áreas que ela tem focado sua atenção é a de animação.

Em 2009 o canal estreou seu primeiro anime original: Knights of Sidonia, e desde então não parou mais. Recentemente, ela anunciou a produção de diversos novos títulos, sendo um deles a volta de Cavaleiros dos Zodíacos. Ainda nessa área, a Netflix também decidiu se aventurar pelas adaptações de anime para filmes live action e sua primeira escolha foi nada menos que o aclamado Death Note. Por mais que a Netflix goste de se arriscar, a adaptação de animes no ocidente ainda é um terreno perigoso, vide as tantas tentativas fracassadas no catálogo, como Dragonball Evolution e, o caso mais recente, Ghost in the Shell.

Dado seu histórico de mais acertos do que erros, algumas pessoas acabaram por conceder ao canal um voto de confiança, até porque, as adaptações cinematográficas de games carregam a mesma maldição e foi com a própria Netflix que isso mudou. Com a animação Castlevania, a empresa provou que é possível fazer boa produção baseada em jogos eletrônicos. Contudo, ao que tudo indica, ela não conseguiu fazer o mesmo com os animes. O live action de Death Note será lançado no fim dessa semana, mas algumas avaliações da crítica especializada já começaram a sair e não são nada animadoras.

David Ehrlich do site Indiewire diz que o filme é um falha ao explorar sua premissa e que desperdiça totalmente grandes performances, com um serviço de violência gratuito. Já para Julia Alexander, do Polygon, "Death Note ignora seus personagens, escolhendo colocar sua ênfase nos horrores físicos associados ao caderno que mata em vez do drama psicológico que se desenvolve em torno dele", ela escreve. Se não bastasse isso, Blair Marnell, do IGN ainda diz que o filme consegue ser mais um melodrama adolescente e que ele condensa a história original do mangá/anime de uma bem insatisfatória. Para concluir, Dave Golder, do MYM Buzz, diz "Essa versão da Netflix de Death Note é melhor ser evitada caso você goste do material original".

Assim como Ghost in the Shell, a produção da Netflix também sofreu fortes críticas em relação a escalação de sua elenco, por ser a maioria da mesma etnia. De qualquer forma, o que a crítica tem revelado é que o grande problema está mesmo no conjunto da obra. Um filme com roteiro fraco, produção exagerada, personagens desinteressantes e história pouco explorada.

Dirigido por Adam Wingard, com Lakeith Stanfield, Willem Dafoe e Nat Wolff, o live action de Death Note estreia dia 25 de agosto apenas na Netflix.

Próxima Matéria
Via   SR     GT     IMDB  
Imagens CN Vice
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+