• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Dentista dá relato emocionante sobre pintor humilde que pediu permuta

POR Bruno Destéfano    EM Compartilhando coisa boa      18/04/19 às 13h33

A vida é uma caixinha de surpresas, que pode nos impulsionar com o simples "encontro de almas". Temos à nossa frente um oceano de possibilidades para fazer o bem "sem olhar a quem". Às vezes, com simples, porém honestas, palavras, podemos transformar realidades ao nosso redor. Basta um sorriso ou o toque de uma campainha para o milagre da vida acontecer. A única coisa que nos é pedida é estarmos abertos para o "desconhecido". Ou seja, enxergarmos a bondade onde talvez seja difícil de vislumbrar. Exige um pouco, mas no fim das contas,l vale muito a pena. E foi assim, se permitindo, que a dentista Larissa Fernandes encontrou a humanidade por meio de sua rotina como odontóloga. Um mero toque de campainha a despertou para questões aparentemente pequenas, mas que transformariam a vida de uma outra pessoa. Em relato, a dentista participou de uma linda história envolvendo a atitude de um pintor humilde que pediu permuta para realizar seu sonho de sorrir sem preocupações.

A visita inesperada

Larissa Fernandes achava que era só mais um paciente com hora marcada quando escutou o toque da campainha. Estava pronta para recebê-lo quando ela foi surpreendida quase que instantaneamente. Não se tratava de um paciente de seu consultório. Era Francisco, pintor das proximidades, que viera pedir uma permuta.

Ele queria muito sorrir novamente, de maneira que não sentisse vergonha de seus dentes, mas não tinha dinheiro para pagar Larissa. Humildemente, ofereceu seu serviço de pintura em troca. Francisco fez questão de levar o telefone de três pessoas para que ela ligasse a fim de saber que o pintor era uma pessoa de confiança.

A dentista não estava precisando do serviço de Francisco, mas algo tocou o seu coração para além da campainha. O pintor humilde que pediu permuta não era uma pessoa como outra qualquer, e o pedido não era "absurdo" ou "não convencional". Era uma solicitação simbólica. Um pedido de troca, de reciprocidade. "Lhe dou algo que domino enquanto você me ajuda com um conhecimento que não tenho". Era como se ele tivesse falado exatamente isso para ela.

O significado do sorriso

Mesmo sem precisar dos serviços de pintura, Larissa topou ver o que tanto incomodava Francisco em seu sorriso. O jeito simples e a honestidade de Francisco encantaram-na. Isso foi o bastante para ela usar todo o conhecimento adquirido na faculdade de Odontologia e sua experiência para resolver o problema do pintor. Sem nada material em troca, a dentista estava disposta a ajudar Francisco e fez disso o seu objetivo dali em diante.

"Sr Francisco mal falava comigo, sempre tímido e de cabeça baixa, quietinho, uma pessoa HUMILDE, mas MEU SANTO BATEU!", escreveu Larissa em uma postagem no seu perfil do Instagram.

Ela decidiu ajudá-lo porque, de alguma maneira, vê-lo feliz a faria feliz também. Coisa de outro mundo? Não, coisa nossa. Coisa dos seres humanos. O "extraordinário" reside no "ordinário".

A grandeza de perceber o "outro"

Larissa não detalhou o problema do pintor e nem qual procedimento foi realizado, mas foi feito e Francisco podia sorrir novamente. Dessa vez, com orgulho de mostrar os seus dentes.

O pintor despediu-se prometendo que voltaria para visitar a dentista. De ser humano para ser humano. De uma pessoa que ajudou para outra que foi amparada. Dali em diante muita coisa mudou no coração de Larissa, mas fisicamente as coisas continuaram como estavam antes. Com exceção, é claro, de uma única e grandiosa diferença: o sorriso escancarado de Francisco.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+