icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Descoberta a causa das misteriosas mortes em massa de elefantes em Botsuana

POR Bruno Dias EM Mundo Animal 24/09/20 às 12h29

capa do post Descoberta a causa das misteriosas mortes em massa de elefantes em Botsuana

Os elefantes são considerados criaturas extremamente inteligentes. A ciência, por sua vez, já provou que esses animais são donos de memórias ímpares, e que eles dificilmente se esquecem de alguma coisa.

Eles podem ser encontrados no continente africano e asiático e podem ter uma massa equivalente a quatro ou seis toneladas. E também podem levantar o equivalente a 10 mil quilos. Esses animais são realmente instigantes.

Recentemente, alguns relatos perturbadores de morte em massa de elefantes começaram a surgir em Botsuana. Foram vistas mais de 350 carcaças desses animais desde maio.

Alguns dos animais foram encontrados com os rostos para baixo, o que sugere um colapso repentino. A maioria dos corpos estava perto de fontes de água nas partes norte do Delta do Okavango. Essa é uma área protegida para os elefantes e um lugar de estudo chamado NG11. E nenhuma morte foi relatada na Namíbia, que fica próximo ao local.

Causa

A maior população de elefantes do mundo está em Botsuana, com mais de 135 mil indivíduos. Mas em todo o mundo, os elefantes estão em declínio. Até o momento a causa da morte desses animais era desconhecida. Mas de acordo com o revelado pelo departamento de vida selvagem, foi descoberto que eles foram mortos por conta do envenenamento por cianobactérias.

"As mortes foram causadas por envenenamento por cianobactérias que cresciam em tanques ou bebedouros", disse o veterinário principal do Departamento de Vida Selvagem e Parques Nacionais, Mmadi Reuben.

Ele também informou que as mortes "pararam no final de junho de 2020, coincidindo com a secagem das panelas".

No dia 25 de abril desse ano foi feito o primeiro relatório que indicou mortes incomuns de elefantes. Os casos aconteceram perto da aldeia de Seronga. No mês seguinte os números de morte começaram aumentar.

Mortes

Segundo as autoridades responsáveis pela vida selvagem, cerca de mais de 300 animais morreram. E os exames de sangue feitos foram consistentes com as descobertas de que a causa da morte desses elefantes foi uma  espécie de cianobactéria que produz neurotoxinas.

Os testes para confirmar isso foram feitos em laboratórios especializados em vários países, como na África do Sul, Canadá, Zimbábue e Estados Unidos. As autoridades tinham descartado a possibilidade de antraz ou então que pessoas estivessem por trás dessas mortes como caça ilegal.

O governo do país disse que continua os seus estudos a respeito da ocorrência dessa bactéria. E no inverno, os elefantes se hidratam, principalmente, comendo raízes e cascas do baobá.


Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens R7
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest