• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Descubra como a Segunda Guerra Mundial mudou Walt Disney

POR Mateus Graff    EM História      18/07/16 às 19h39

Quando a Grande Depressão terminou em 1939, milhões de trabalhadores norte-americanos, tendo sofrido anos de desemprego, começaram a exigir segurança no trabalho e uma participação na nova prosperidade, levando a uma realidade que influenciou as relações de trabalho. Em 1940, surgiram os sindicatos dos cartunistas de animação de Hollywood, exceto a Disney, apesar do fato de que a Mouse House empregava a grande maioria dos artistas da indústria.

Houve pouca consistência em salários dos estúdios da Disney, os animadores mais valorizados foram autorizados a entrar para o chamado Penthouse Club, mas os artistas "menores" muitas vezes não podiam ter o luxo de comer no refeitório. Para piorar a situação, a organização da Disney foi a público em 1940, para a venda de ações para atender algumas de suas perdas.

002

De repente, os funcionários da Disney perceberam o que estava acontecendo, Walt estava seguindo um modelo capitalista muito radical. Cada vez mais insatisfeitos, os trabalhadores da Disney foram atrás dos sindicatos. Em fevereiro de 1941, ele realizou uma reunião, onde disse o seguinte: "Ponha a sua própria casa em ordem... Se você não está progredindo como deveria, em vez de resmungar, você podeira fazer algo." Esse discurso condescendente fez com que os funcionários ficassem ainda mais unidos. Em 29 de maio de 1941, depois de um animador ser demitido por se juntar ao sindicato, quase metade do departamento da Disney também se demitiu. Mesmo com a queda rigorosa das ações do estúdio, Walt se recusou a negociar.

001

Desanimado e confuso, Walt caiu em uma teoria da conspiração, alegando através de um anúncio de jornal que a greve era "comunista". Mas pela primeira vez ele se sentiu impotente, pois os animadores eram trabalhadores altamente qualificados e difíceis de substituir. Bom, para tentar esquecer seus problemas, Walt foi fazer um passeio na América do Sul. Durante seu passeio Elias, seu pai, acaba morrendo, e Walt nem sequer foi no velório do próprio pai. Na volta a Los Angeles, Walt descobriu que a greve havia sido resolvida, pois Roy tinha dado aos trabalhadores quase tudo que eles queriam.

Le cinéaste et dessinateur Walt Disney dans son bureau dans le Walt Disney Studios à Burbank, en Californie, vers 1940

Mas nada seria o mesmo, pois no dia 7 de dezembro de 1941, os japoneses bombardearam Pearl Harbor, que deixou a América inteira cambaleando na Segunda Guerra Mundial. Desde o início, a perspectiva de Walt sobre o conflito tinha sido desinformado, e ele não sabia como a guerra poderia afetar o estúdio. Depois de metade do estúdio ser requisitado como base para tropas antiaéreas, Walt começou a fazer filmes de treinamento para o governo (o mais famoso é "A Face do Fuehrer, onde o Pato Donald sonha que está trabalhando em uma fábrica de munições alemão).

Walt encontrou pouca satisfação criativa nesse trabalho, mas alguns de seus velhos entusiasmos retornaram com a realização de A Vitória Pela Força Aérea, baseando-se em um livro de não-ficção de 1942. Porém, essa obra na verdade foi um fracasso, e os lucros do estúdio foram magros. Após a guerra terminar em 1945, desesperadamente precisando de um sucesso, Walt tentou voltar as origens e se basear em contos americanos em vez de contos europeus, e criou um filme chamado Canção do Sul. O filme hoje é uma espécie de "vergonha" para a Disney, por ter sido acusado de racismo. Parte da crítica vem do fato de ele se passar no Sul dos Estados Unidos após a guerra de secessão e mostrar uma série de ex-escravos, vivendo felizes e alegres na fazenda de seus antigos senhores.

003

A guerra acabou em 1945, mas seu impacto duraria até o final dos anos 1940. Disney produziria mais quatro filmes-pacotes antes do sucesso retumbante de Cinderela, em 1950. Esses filmes eram mais baratos e rápidos de serem produzidos do que os longa-metragens comuns, porque sua produção conseguia ser fracionada sem grandes planejamentos.

Música, Maestro! (1946) e Tempo de Melodia (1948) agrupam diversos curtas musicados, alguns bem conhecidos como Pecos Bill; Pedro e o Lobo; e Willie, a Baleia Cantora. As músicas dos dois filmes são lindíssimas e os curtas variam entre histórias do folclore americano, fábulas e até temas mais abstratos.

O pós-guerra trouxe esses filmes "menores" que deram pouco lucro e o estúdio só efetivamente retomou o brilho de outrora na década de 1950. Todos esses filmes, no entanto, guardam um charme típico do período em que foram feitos e esse charme dificilmente será apagado. São filmes que respiram história e nos permitem entender um pouco mais a trajetória do universo Disney. Pouca gente sabe a fundo sobre esse período que aproximou Walt a nossa cultura. A década de 1940 marcou uma relação muito forte entre a América Latina e Walt Disney, com a produção dos filmes e a criação dos personagens como Panchito, Zé Carioca e o pássaro Aracuan.

E aí amigos, já sabiam de todos esses fatos sobre Walt Disney? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+