icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Doença misteriosa na Bahia que deixa a urina das pessoas preta

POR Magno Oliver EM Ciência e Tecnologia 12/01/17 às 13h57

capa do post Doença misteriosa na Bahia que deixa a urina das pessoas preta

Você sabe qual é a cor da sua urina? Aqui no site da Fatos Desconhecidos, nós já exibimos para você o que o seu xixi pode dizer sobre você.

Um fenômeno na Bahia tem causado espanto nos moradores e tem intrigado bastante a ciência. Uma misteriosa doença que deixa a urina preta tem atingido várias pessoas.

Os pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) constataram o surgimento do surto a partir de dezembro do ano passado.

Além da urina em cor escurecida, a doença misteriosa também provoca dores musculares intensas e insuficiência renal. Já são mais de 52 casos suspeitos registrados, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde da Bahia.
Nos boletins divulgados, a doença tem recebido o nome de "mialgia[dor] aguda a esclarecer".  Em entrevista ao portal G1, o infectologista que acompanhou alguns registros da doença em Salvador, Antônio Bandeira, esse surto é como se a pessoa "tivesse feito uma maratona em poucos segundos.

É uma lesão muscular aguda, então a quantidade de mioglobina que está dentro do músculo acaba saindo e vai para a urina. Ela acaba dando essa cor de Coca-Cola. Esse pigmento também tem uma ação nefrotóxica(tóxica para os rins)".

Duas mortes foram confirmadas. A primeira é a de um homem que apresentava os sintomas do surto e veio a óbito no dia 31 de dezembro, no município de Vera Cruz. A outra vítima morreu no sábado, 07 de Janeiro, em Salvador. Os detalhes sobre o paciente não forma divulgados.

Segundo o pesquisador Gúbio Soares, do Laboratório de Virologia da UFBA, em publicação feita no jornal O Globo, " a equipe deve identificar a doença e sua origem[...]. Mas testes de fezes e urina indicam que a doença pode ser causada por um vírus do gênero Enterovírus ou do gênero Parechovírus.

Apesar de não serem tratados de forma adequada. A Fundação Oswaldo Cruz(FIOCRUZ) também está analisando amostras de material".

A Secretaria de Estado da Saúde da Bahia informou que 44 pacientes tiveram resultado negativo para infecção bacteriana. Os pesquisadores afirmam que a suspeita é de que peixes consumidos na região tenham causado intoxicação.

O que você achou dessa nova doença? Mande seu comentário para gente!


Próxima Matéria
Via   bemestar     g1     oglobo     reportersaomiguel  
avatar Magno Oliver
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest