icone menu logo logo-fatos-historicos.png


Dom Pedro I passou a vida cercado por amantes?

POR Erik Ely EM História 05/06/20 às 10h32

capa do post Dom Pedro I passou a vida cercado por amantes?

Em 2017, a Globo exibiu pela primeira a novela "Novo Mundo", que está novamente reprisada em 2020. Assim, com a exibição da novela, muitas pessoas começaram a se perguntar se Dom Pedro I passou a vida cercado por amantes e se era mesmo, tão mulherengo como seu personagem representado na novela.

Explicando de maneira simples, sim. De fato, o primeiro imperador do Brasil era considerado um mulherengo incorrigível. Mas, além disso, seus casos extraconjugais não eram nenhum segredo na época. Dessa forma, podemos afirmar que a novela provavelmente não faz jus ao quão mulherengo era o imperador do Brasil.  Ele não somente possuía diversas amantes, mas também era conhecido por casos de assédio e também, por casos que puderam ser obscenos demais para serem exibidos em uma novela das seis.

Ele era muito pior do que o personagem mostrado em "Novo Mundo"

Antes mesmo de se casar, D. Pedro I se envolveu com uma dançarina francesa chamada Noémi Thierry, com que chegou a ter um filho que nasceu morto. No entanto, o romance foi abafado por seu pai, o rei João VI. Desse modo, o rei enviou a dançarina para longe. Isso porque, não havia o risco de que, o noivado do filho com a arquiduquesa Leopoldina da Áustria, filha do imperador Francisco I da Áustria e da princesa Maria Teresa da Sicília, fosse ameaçado. Contudo, o D. Pedro I não parecia estar preocupado com isso. Sendo assim, antes do casamento ele chegou a se relacionar com a irmã de Leopoldina.

Em 13 de maio de 1817, Leopoldina e Pedro se casaram por procuração. Em seguida, ela assumiu o nome de Maria Leopoldina e, seis meses depois, ela chegou ao Rio de Janeiro para conhecer o marido. Ao longo do casamento, os dois tiveram sete filhos. Contudo, cartas inéditas encontradas no Museu Imperial revelaram que a imperatriz detestava sexo. Ao contrário de sua esposa, D. Pedro era verdadeiramente obcecado pela prática, chegando, inclusive, a praticar uma série de verdadeiras bizarrices.

Em 1822, Dom Pedro I viajou para São Paulo e conheceu Domitila de Castro, por quem se apaixonou. Podemos afirmar que, até então, o imperador sempre manteve suas escapadas sexuais em segredo. No entanto, com Domitila foi diferente. Assim, ela foi nomeada Marquesa de Santos e passou a viver na corte. Além disso, Maria Leopoldina foi obrigada a aceitar a "amante oficial" do marido como dama de companhia.

Dom Pedro I chegou a nomear uma "amante oficial"

Em cartas íntimas de D. Pedro I com Domitila de Castro, o imperador assinava como "Demonão" ou "Fogo Foguinho". Mas, acredite, o mais bizarro ainda está por vir. Nas cartas, o imperador desenhava o próprio pênis e muitas das vezes, com ilustrações de ejaculações. Dentro dos envelopes, pelos pubianos de Pedro também eram enviados juntas às cartas. E claro, no corpo do texto, ele relembrava a vontade de estar com Domitila e consumar a relação.

Após um tempo, a traição veio a público e o povo não perdoou. Porém, toda a culpa da relação caiu sobre Domitila, que se tornou inimiga número 1 do Brasil. Para se ter uma ideia, com a morte da imperatriz, um grupo de pessoas se reuniu na casa de Domitila para apedrejá-la. Isso porque, mesmo sem nenhuma prova, muitas pessoas acreditavam a Marquesa dos Santos havia envenenado Leopoldina.

Em meio a uma crise política, D. Pedro I estava em busca de uma nova esposa. Assim, se casou com Amélia de Leuchtenberg, filha de Eugênio de Beauharnais, Duque de Leuchtenberg, e da princesa Augusta da Baviera. Entretanto, para isso, precisou cortar todos os laços com Domitila. Depois disso, ela também foi expulsa da corte.


Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest