icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


É possível salvar nossas memórias em um computador?

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      20/11/17 às 18h00
capa do post É possível salvar nossas memórias em um computador?

Você gostaria de fazer um 'back up' das suas memórias? Bom, não é de hoje que o homem vem tentando registrar coisas, mesmo que em desenhos. Desde a época dos homens das cavernas os humanos tentam preservar memórias. Mas também podemos encontrar isso em livros, músicas, filmes e fotografias do homem moderno. Hoje em dia podemos guardar nossas memórias usando a internet. As próprias redes sociais, por exemplo, nos lembram de coisas que postamos no passado, uma boa forma de nos lembrar de acontecimentos em nossas vidas.

Mas e se pudéssemos fazer cópias de nossas mentes através da tecnologia? Algumas equipes de cientistas estão tentando esse feito, perpetuar as nossas memórias através da tecnologia. Será que isso seria possível? Isso é o que nós iremos responder para vocês nessa matéria, caros leitores.

Cérebro 'backup'

E se pudéssemos gravar todo o "conteúdo" de uma mente? Pode parecer loucura, mas acreditem, isso é possível. De começo, seria necessário três avanços básicos. Primeiro, cientistas precisariam descobrir como preservar o cérebro de uma pessoa após a morte. Depois, os dados do cérebro seriam analisados e armazenados. No terceiro passo, a mente da pessoa precisaria ser "recriada" em outro cérebro, artificial é claro.

Ao redor do mundo, muitos cientistas estão tentando criar um cérebro humano artificial capaz de fazer o upload de um arquivo de segurança da memória de uma pesosa. Bom, ainda não há nada concreto, mas a ideia é essa. O Massachusetts Institute of Technology (MIT), tem um curso de conectomia. Para quem não sabe, conectomia é a área onde os pesquisadores tentam criar um mapa com as conexões do cérebro humano.

Um outro projeto, chamado "US Brain", tenta gravar a atividade cerebral de milhões de neurônios. Já na Europa, o projeto se chama "EU Brain", e está tentando construir modelos integrados capazes de simular tal atividade.

Anders Sandberg, do Instituto Futuro da Humanidade, da Universidade de Oxford, diz que esses projetos são importantes para que um dia seja possível copiar completamente um cérebro. "O objetivo é copiar a função do cérebro original. Se for colocada para funcionar, a cópia será capaz de pensar e agir como o original" diz Sandberg.

Sandberg diz que mesmo que o processo seja lento, muitos passos já foram dados. Cientistas já são capazes de mapear pequenas amostras de tecido cerebral em três dimensões. Os modelos tem índice de resolução boa, mas os blocos tem apenas alguns mícrons del largura.

Ele ainda diz que á medida que os métodos ficarem melhores, a informação contida no tecido "escaneado" será transformado em modelos que poderá ser lidos e rodados pelo simulador.

Mas e você, gostaria de ter sua memória perpetuada pela tecnologia? Não esqueça de deixar seu comentário aqui em baixo!


Próxima Matéria
Via   BBC  
Imagens IFL Science
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest