icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


É possível se lembrar de algo de quando eramos bebês? Por que não temos lembranças de quando éramos bebezinhos?

POR Magno Oliver    EM Ciência e Tecnologia      28/07/15 às 20h34
capa do post É possível se lembrar de algo de quando eramos bebês? Por que não temos lembranças de quando éramos bebezinhos?

Se nossa mente fosse um HD de computador, teríamos que ter muita memória para guardar tantos momentos e situações que ficaram marcados(ou não) nas nossas lembranças.

Segundo especialistas, os primeiros anos de vida são fundamentais na formação de cada indivíduo, mas apesar da importância que eles possuem em nossa vida, não existe a possibilidade de vivermos essas memórias antes de completar os dois anos e meio de idade ou os primeiros 30 meses.

Você consegue lembrar de tudo que viveu até hoje? E isso inclui os seus momentos de recém-nascido até hoje. Por que algumas lembranças que temos vão se apagando ou sumindo de nossa memória? O que explica não termos lembranças de quando éramos bebês?

1 - A nossa memória

O ser humano possui dois tipos de memória, a explícita ou declarativa e a implícita ou não-declarativa. Sua memória explícita é aquela que pode ser definida como a de fatos e experiências, enquanto  que a implícita abrange suas habilidades de aprendizagem, como fazer uma comida, andar de bicicleta etc.

2 - Lembranças

Não conseguimos lembrar por conta da amnésia infantil. A neurociência aposta que o problema está no desenvolvimento do cérebro e a criança armazena memórias com uma linguagem diferente, não podendo acessá-las, embora tenham impacto na vida e na formação pessoal da personalidade. O cérebro de bebês se desenvolvem de forma muito rápida. Segundo estudos divulgados, o cérebro de uma criança pesa cerca de 25% do peso que terá na fase adulta.

Em dois anos, o peso do cérebro sobe para uma taxa de 75% e a memória explícita ou declarativa não se desenvolve ao mesmo tempo. Nos primeiros anos de vida, o cérebro ainda não está totalmente desenvolvido.

Já nos 3 meses o bebê mostra capacidade de apresentar uma memória denominada de imitação diferida. Um exemplo disso é quando ele observa algum tipo de estímulo e consegue reproduzí-lo. Já aos nove meses de idade, o bebê apresenta lembranças de eventos por 24 horas. Aos 9, por um mês e, aos 20 meses, as lembranças podem durar até um ano. Isso pode ser possível graças às estruturas cerebrais que, aos 20 meses de idade, já estão maduras, funcionalmente falando.


Próxima Matéria
avatar Magno Oliver
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest