icone menu logo logo-fatosnerd.png


E se Game of Thrones se passasse no Brasil?

POR A redação EM Fatos Nerd 09/11/15 às 15h36

capa do post E se Game of Thrones se passasse no Brasil?

Se você veio até aqui, já deve conhecer Westeros: o grande continente onde grande parte dos eventos de Game of Thrones se passa. Ele é o lar das Sete Casas que dominam o disputado jogo dos tronos: Stark, Tully, Arryn, Lannister, Baratheon, Tyrell e Martell. Ah, e não podemos nos esquecer também dos Greyjoy das Ilhas de Ferro ou dos extintos Targaryen de Pedra do Dragão.

Westeros é um continente gigante, conhecido por seus extremos. Enquanto o Norte é gelado e inóspito, o Sul é quente, habitado por um povo bem particular. No meio de tudo isto é possível encontrar pântanos perigosos, minas de ouro há muito abandonadas, vales escarpados, rios tão grandes que não é possível avistar a outra margem e, principalmente, uma infinidade de castelos, antigos e novos, cheios de história para contar. Neste ambiente fantástico, George R. R. Martin escreveu sua épica saga, e parte de sua verossimilhança se dá pela imensidão e realidade do mundo criado por ele.

O continente é tão amplo e variado que é impossível não pensar no Brasil. Se o nosso país fosse Westeros e o lar das Sete Casas, como ele seria? Nós tentamos fazer um paralelo, levando em conta alguns aspectos como a vegetação, o clima e alguma das principais características das capitais - tanto as nossas quanto as de Westeros. O resultado você confere bem abaixo. Se você morasse neste país hipotético, onde viveria?

7 - O Norte (Região Sul)

A terra dos Stark, se Westeros fosse o Brasil, não poderia manter o mesmo nome. Ora, como poderia haver um Norte no Sul? Isto porque, em todo o nosso país, são as terras sulistas que mais lembram a grande região que um dia foi o Reino do Norte. Claro, o clima brasileiro não chega nem perto de se igualar ao duro frio de Westeros, que em dias de inverno chega a cobrir um castelo inteiro. Se Westeros fosse o Brasil, o inverno não seria tão rigoroso, e só uma pequena parcela do reino realmente iria sofrer com ele. A Muralha, em vez de nos separar das Terras de Sempre Inverno, nos separaria dos outros países da América do Sul. Os Stark precisariam de outro lema.

6 - Terras Ocidentais (Minas Gerais)

Se Westeros fosse Brasil, os habitantes de Minas Gerais seriam governados pela Casa Lannister. Que tal, ein? As Terras Ocidentais dos Sete Reinos são formadas por muitas colinas e montanhas, como também é o estado mineiro. Ela também é uma região de muitas minas de ouro e outros metais preciosos, que fizeram a fortuna das Casas Lannister e Casterly, antes deles. Bom, Minas Gerais não recebeu esse nome atoa. Certamente a região seria uma das mais ricas e influentes do novo reino.

5 - Campina (Centro Oeste e Tocantins)

Jardim de Cima é, muito provavelmente, um dos castelos mais belos de toda Westeros. Embora nós ainda não tenhamos sido apresentados a ele, todas as descrições já feitas nos levam a crer isto. Cheio de árvores e jardins, a sede da casa Tyrell não poderia encontrar melhor equivalente no Brasil que a cidade de Goiânia - a mais arborizada do país. Como se não bastasse, toda a região da Campina, onde se encontra o castelo, é muito semelhante à região centro-oeste do Brasil, uma das mais férteis do Brasil.

4 - Vale de Arryn (São Paulo)

O Vale de Arryn, graças à sua posição estratégica e defesas naturais, se tornou uma das regiões mais férteis e ricas de Westeros, o que bate bem com o estado de São Paulo. Claro, não há nenhuma cidade monstruosamente grande como a capital paulista em Westeros, já que nem Porto Real chegaria perto. Como a região se encontra a uma alta altitude, a névoa é bastante comum por lá, fazendo lembrar muito o estado brasileiro.

3 - Terras da Coroa (Rio e Espirito Santo)

Se Westeros fosse Brasil, a cidade maravilhosa seria substituída pela "belíssima" Porto Real. Uma boa troca? Bom, eu diria que não. A região, em Westeros, é governada diretamente por quem domina o trono de ferro. Quando a trama de Game of Thrones se inicia, esta honra pertence à Casa Baratheon, que também detém as Terras da Tempestade, mais ao sul. Tanto o clima quanto a posição geográfica das Terras da Coroa lembram muito os estados do Rio de Janeiro e Espirito Santo, que rapidamente se tornariam um dos mais importantes da nova Westeros.

2 - Terras Fluviais (Região Norte)

Nada de Tridente ou qualquer um de seus ramos aqui. Se Westeros fosse Brasil, as Terras Fluviais seriam cortadas pelo rio Amazonas ou, ainda, pelo rio Negro e o Solimões. As Terras Fluviais de Westeros, governada pelos Turry de Correrrio, não receberam este nome atoa, e não há outra região do Brasil que se adequaria melhor. Ora, o que melhor que a bacia amazônica para uma Casa cujo símbolo é uma truta saltitante? Os Tully ficariam satisfeitos!

1 - Dorne (Região Nordeste)

A região mais quente (em todos os sentidos) de Westeros lembra muito o nosso Nordeste. Como se não bastasse o clima árido e seco, Dorne também é o lar de um povo bem variado, amante da boa culinária e das paixões da vida. É lá onde se encontra a comida mais apimentada dos Sete Reinos, bem como as mais belas mulheres. Claro, nem tudo é deserto em Dorne, assim como nem tudo é caatinga no Nordeste. As duas regiões possuem lindos cenários naturais de tirar o fôlego, se destacando por isto.


Próxima Matéria
Imagens GoTDB
avatar A redação
A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest