• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Ele emagreceu 80 kg para salvar a vida de sua irmã

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      28/08/19 às 18h08

Grande parte de sua vida, o estadunidense Jonathan Coronado teve que lidar com sobrepeso e as consequências disso em sua vida. No entanto, ele nunca se sentiu motivado o suficiente para agir até que sua irmã de 13 anos, Denise, precisou de sua ajuda. A menina estava sofrendo de um transtorno chamado de Púrpura de Henoch-Schönlein (PHS), também conhecida como púrpura Anafilactoide ou púrpura eumática.

Tal enfermidade causa inflamação e sangramento nos pequenos vasos sanguíneos dos intestinos e rins. A doença fez com que a jovem tivesse que realizar sessões de diálise por quatro anos. No entanto, a medida que o tempo ia passando sua situação se agrava ainda mais. Segundo os médicos, só havia uma maneira de salva-la um transplante de rim.

Coronado era compatível para doar o órgão a Denise. Porém, por pesar 165 quilos, medindo 1,63 m, ele não poderia ser submetido a cirurgia. Dessa forma, ele decidiu que perderia peso para ajudar sua irmã. Coronado começou observando aquilo que comia. Posteriormente, passou a parar de consumir certas coisas como pão, biscoitos e refrigerantes. Uma coisa de cada vez.

"Eu aprendi a medida que avançava. Quanto mais peso eu perdia, mais confiança eu tinha e prosseguia com seus exercícios. As dietas saudáveis se converteram em um hábito."

Ele começou com exercícios leves, como caminhadas em um parque local. Nos seis primeiros meses, Coronado disse ter perdido 45 quilos. O que era seu objetivo original. No entanto, por perceber que poderia chegar ainda mais longe, ele continuou a se esforçar. Assim, ele deu início a exercícios mais intensos, como musculação e atividades cardiovasculares na academia. Tudo isso aliado a uma dieta saudável, longe dos fast foods.

O amor tudo transforma

O homem conseguiu perder mais 30 quilos e se sentia muito bem com sua aparência física e com seu novo estilo de vida. Entretanto, ele ainda precisava perder mais alguns quilos e assim poder efetuar a doação para Denise. Ao todo, ele perdeu 88 quilos e se tornou elegível para a cirurgia. Portanto, em setembro de 2018 rim foi então doado para sua irmã. Denise agora vive uma vida normal e voltou a estudar.

"Ele está começando a sair, se divertir e fazer as coisas que não podia fazer quando estava em diálise. Fico feliz em vê-la desse jeito", disse Coronado. O estadunidense está muito feliz por ter ajudado Denise e, ao mesmo tempo, a si mesmo. Coronado deseja que sua história, bem como a de sua irmã, ajude e sirva de motivação para as pessoas. Tanto para aqueles que desejam perder peso, quanto para aqueles sofrendo da mesma mazela que sua irmã, para que nunca percam as esperanças.

Para aqueles que desejam perder peso, Coronado compartilha algumas dicas. Segundo ele, primeiramente, as coisas devem ser removidas gradualmente, uma a uma. Assim, os maus hábitos alimentares podem ser eliminados com mais suavidade. Outra dica importante para Coronado é se lembrar do seu objetivo e busca-lo por uma satisfação própria. Ele disse que não poderia ter perdido peso se não quisesse fazê-lo sozinho.

Coronado concluiu nos lembrando que era importante mantermos uma constância. Realizando exercícios diários, acompanhados de uma boa dieta. Para ele, essas atitudes são a chave para a perder todo o peso que você desejar.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Nation  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+