• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Emocionante história descreve como é ser criado por um pai com Síndrome de Down

POR Cristyele Oliveira    EM Compartilhando coisa boa      21/10/19 às 11h07

Todos nós estamos muito acostumados a ver relatos de pais que possuem filhos com Síndrome de Down. Mas e como é, quando os papéis se invertem, e os pais é que têm a síndrome? Pais com Síndrome de Down são tão amorosos e cuidadosos como qualquer outro. Essa é a lição que podemos tirar do relato desse estudante sírio e de seu pai. Eles são diferentes? Sim! No entanto, essa diferença não os torna menos capazes de nada, muito menos de criarem filhos bem sucedidos.

Sader Issa é um exemplo vivo disso. O jovem, que estuda odontologia na Síria, fez questão de compartilhar com o mundo a sua história de vida, sendo criado por um pai que tem a Síndrome de Down. Contudo, Jad, o pai do garoto fez tudo o que pode por ele, deu amor, lhe ensinou valores éticos e morais, e fez com que o seu filho tivesse uma infância normal, como qualquer outra criança teria. Sader, orgulhoso do pai, faz questão de dizer como ele é um homem bom, altruísta e um verdadeiro pilar para a sua comunidade. Em entrevista ao site Bored Panda, Sadar contou um pouco da sua vida e convivência com o seu pai e como isso lhe transformou no homem, que ele é hoje.

Como é ter um pai com Síndrome de Down

Sader é um filho muito orgulho, e jamais teve vergonha do seu pai, ou de sair com ele. Muito pelo contrário, ele faz questão de mostrar o seu pai e o seu exemplo. Porque segundo ele, foi graças ao pai que ele pode se tornar a pessoa que é hoje, com os valores certos. Obviamente, ter que viver com Síndrome de Down não é uma coisa fácil, mas isso não quer dizer que seja um problema. Sader e seu pai, Jad conseguiram criar um vínculo tão forte, que muitas pessoas teriam inveja da relação entre eles.

Muita gente não tem um bom relacionamento com seus pais, mas isso nunca foi um problema para esses dois. O jovem conta que tem uma ótima relação com o pai, repleta de amor e companheirismo.

Pai e filho costumam ir juntos a todos os lugares. "Tenho orgulho do meu pai. Durante toda a minha vida, ele foi o maior apoio para mim quando eu precisei", conta Sader. O pai, Jad, é uma figura bem vista em sua comunidade, tendo papel importante no meio em que vive. Muito disso, graças ao seu amor ao próximo e boas ações, sempre visando o bem de todos.

"Desejamos que todas as pessoas pudessem aceitar que ser diferente não é algo para se envergonhar. As pessoas com síndrome de Down são diferentes, mas têm sentimentos, aspirações, uma mente própria e são capazes de viver uma vida normal quando há aceitação social e uma sociedade que apoia", refletiu o jovem sobre as pessoas que tem a SD. "Vamos dar uma chance a eles e ver quais são as grandes capacidades que eles têm".

Relação pai e filho

#1

Eles são uma família como qualquer outra, que enfrenta os mesmos problemas, e juntos, aprendem a lidar com as dificuldades.

#2

Pai e filho têm uma relação muito amorosa.

#3

E o pai não poderia estar mais orgulho do seu médico. "É possível ver quando seus olhos estão cheios de alegria e satisfação, como se quisesse expressar "Sim, tenho síndrome de Down, mas criei esse homem e fiz tudo ao meu alcance para torná-lo médico e ajudar os outros".

#4

Jad sempre está ajudando a sua comunidade.

#5

Ele é visto como um exemplo para todos a sua volta.

#6

A família vai junta à igreja.

#7

Compartilham momentos de alegria.

Enfim, e você? O que achou desse relato? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Via   Bored Panda  
Imagens Bored Panda
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+