• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Empresa de Elon Musk fará implante no cérebro humano em menos de um ano

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      08/05/20 às 16h42

inteligência artificial (IA) é uma tecnologia que possibilita que máquinas adquiram conhecimentos, por meio de experiências, se adaptem às condições e consigam desempenhar tarefas como os seres humanos. Parece uma ideia promissora, mas assim como os robôs, ainda existe uma certa preocupação sobre o quanto esse tipo de tecnologia pode evoluir. E claro, se isso significaria que as máquinas podem ultrapassar os seus criadores.

Conforme o tempo vai passando, as máquinas vão ficando cada vez mais inteligentes. Elas podem aprender e tomar decisões sozinhas. Existem até mesmo máquinas que sonham, leem palavras no cérebro das pessoas e se desenvolvem para serem pintores. Alguns desses sistemas de inteligência artificial mostram sinais de doenças mentais e outros são perigosos demais para serem liberados para o público.

Ninguém sabe dizer ao certo até onde essa inteligência pode chegar. Mas a revolução que ela está fazendo em nosso mundo é bastante real. Tanto que as pessoas ainda estão aprendendo qual é a melhor forma de usar as redes neurais artificiais. E também o aprendizado que as máquinas podem ter e os avanços na inteligência artificial.

Implante

E um dos empresários mais dedicados a projetos ousados e futurísticos é Elon Musk. O dono da SpaceX é conhecido por querer levar os humanos a todos os lugares que forem possíveis no espaço. Contudo, ele também tem outros projetos além desse.

Em uma entrevista com Joe Rogan, Musk falou sobre o futuro da inteligência artificial e o seu papel na interação entre homens e máquina. O empresário disse que ele tem uma startup chamada "Neuralink" e que ela trabalha com estimulação cerebral. E de acordo com Musk, a empresa está perto de começar a fazer testes em humanos.

"Ainda não estamos testando pessoas, mas acho que não vai demorar muito.Podemos implantar um link neural em menos de um ano em uma pessoa que eu acho", revelou.

Essa notícia veio depois que Musk deixou no ar, em fevereiro, que a startup de interface cérebro-computador estava trabalhando em uma nova versão bem impressionante. E em julho de 2019, a empresa compartilhou planos de fazer buracos com lasers no crânio de pessoas e os alimentar por fios flexíveis de eletrodos nos seus cérebros.

Testes

Na entrevista mais recente, Musk disse que o implante tem aproximadamente 2,5 centímetros de diâmetro e que ele deve ser implantado tirando uma pequena parte do crânio da pessoa. E para o empresário, os riscos foram subestimados. E ele disse que existe "um risco muito baixo de risco potencial de rejeição do corpo".

"As pessoas colocam monitores cardíacos e coisas para convulsões epilépticas, simulação cerebral profunda, quadris e joelhos artificiais esse tipo de coisa", disse ele. E mostrou que já é sabido o que causa rejeição ou não.

Musk ainda comparou o seu implante cerebral com um chutar a televisão, que no caso seria feito para que ela funcionasse melhor. Que é a mesma coisa que o implante no cérebro fará. E pessoas com Alzheimer, por exemplo, poderão ter suas memórias de volta.

Mas essa tecnologia ainda está em um estágio inicial e precisa de muito mais trabalho a ser feito. Mesmo assim, o coronograma de testes, para esse ano, existe. "Temos a chance de colocar um link em alguém e deixá-lo saudável e restaurar algumas funcionalidades que eles perderam", ressaltou.

Próxima Matéria
Via   Futurism  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+