• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Encontraram água em uma das luas de Júpiter

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      19/11/19 às 17h56

Júpiter é um dos planetas mais curiosos do nosso Sistema Solar. Além disso, é também o maior planeta. Quarenta anos atrás, uma sonda Voyager conseguiu capturar as primeiras imagens, em close, da Europa, uma das 79 luas de Júpiter. Foi possível encontrar rachaduras, que cortam a superfície congelada da Lua. Após essas imagens, houve missões em volta da Lua nas últimas décadas. Isso fez com que se acumulasse informações adicionais suficientes sobre a Europa, assim fazendo dessa Lua um alvo de alta prioridade de investigação na busca pela vida da NASA.

O que chama a atenção nessa Lua é a possibilidade de possuir todos os ingredientes necessários para a vida. Os cientistas possuem evidências de que um dos ingredientes, a água líquida, está presente na superfície gelada. Às vezes essa água ainda pode entrar em erupção no espaço em enormes gêiseres. No entanto, ninguém havia confirmado que exista água líquida nessa Lua. Mas, uma equipe de pesquisa internacional liderada pelo Centro de Voo Espacial Goddard da NASA, em Greenbelt, revelou algo promissor. Eles detectaram o vapor de água, pela primeira vez, acima da superfície da Europa. A equipe conseguiu medir o vapor, observando a Lua por meio de um dos maiores telescópios do mundo, que fica no Havaí.

Vapor de água na Lua

A confirmação do vapor de água, presente na Lua, ajuda os cientistas a compreenderem melhor o funcionamento interno dessa Lua. Por exemplo, ajuda a sustentar uma ideia, na qual os cientistas estão confiantes que é de que exista um oceano de água líquida. Esses oceanos, segundo eles, poderiam ser até duas vezes maiores do que o planeta Terra. Essa água estaria em algo com o formato de concha de gelo. Outra fonte de água para essas plumas, como suspeitam os cientistas, poderiam ser alguns reservatórios rasos de gelo derretido. Esses poderiam estar não muito abaixo da superfície da Europa.

Os estudiosos dizem ainda que é possível que o forte campo de radiação de Júpiter retire as partículas de água dessa concha de gelo. Embora a investigação mais recente tenha levantado argumentos contra esse mecanismo, como a fonte de água observada, há bastante especulação.

"Elementos químicos essenciais e fontes de energia, dois dos três requisitos para a vida, são encontrados no Sistema Solar. Esses elementos são: carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo e enxofre. No entanto, a terceira, que é a água líquida, é um pouco difícil de encontrar fora do planeta Terra". Isso foi dito por Lucas Paganini, um cientista planetário da NASA. Ele teria liderado a investigação de detecção de água. "Enquanto os cientistas ainda não detectaram água líquida diretamente, descobrimos a próxima melhor coisa: água na forma de vapor", completou ele.

Paganini disse, no dia 18 de novembro de 2019, que detectaram água suficiente na Europa, para encher uma piscina olímpica em questão de minutos. Ainda segundo os cientistas, essa água aparece com pouca frequência.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+