• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Entenda como drones estão ajudando a salvar o meio ambiente

POR Bruno Destéfano    EM Ciência e Tecnologia      16/04/19 às 14h56

De acordo com um relatório do Fórum Econômico Mundial, estamos perdendo ao menos 6 bilhões de árvores por ano. Entre 1990 e 2016, o mundo teve um déficit 502 mil quilômetros quadrados de floresta, segundo dados da National Geographic. Uma combinação de uso indiscriminado por seres humanos e fatores naturais, como incêndios florestais, matou centenas de árvores. Pensando neste cenário caótico, a Biocarbon Engineering tem procurado ajudar e, em setembro do ano passado, plantaram sementes no sul de Yangon, na Birmânia. As sementes se tornaram um grupo de manguezais, com cerca de 20 centímetros de altura, e agora a empresa está procurando "reproduzir esse sucesso" em outros lugares. Como? O plantio de árvores à mão é lento e caro. Para acompanhar os tratores e escavadeiras que limpam vastas áreas de terra, é necessária uma solução em escala... tecnológica, digamos. Entenda como drones estão ajudando a salvar o meio ambiente.

A entidade usou-os para plantar árvores e pastagens em minas abandonadas na Austrália, como em outras partes do local. Em média, um drone que pode plantar até 100 mil árvores por dia.

O processo

É verdade que a tecnologia por trás dos drones está ajudando a salvar o meio ambiente. O equipamento aerodinâmico escaneia a topografia para criar um mapa 3D. Então, o padrão de semeadura mais eficiente para essa área é calculado usando algoritmos. O drone, carregado de sementes germinadas, dispara vagens para o chão a uma taxa de um por segundo, ou cerca de 100 mil por dia. 60 grupos de drones poderiam plantar um bilhão de árvores por ano.

Os engenheiros do sistema estimam que seu método é aproximadamente 10 vezes mais rápido e custa apenas 20% do que seria investido para plantá-lo manualmente. Além disso, como não há maquinaria pesada em voga, é possível plantar em áreas de difícil acesso. A BioCarbon testou sua tecnologia em vários lugares e recentemente tentou replantar em históricos locais de mineração em Dungog, na Austrália. A engenharia da BioCarbon fornece uma abordagem integrada para a restauração de ecossistema escalável. Ela combina automação com inteligência baseada em dados.

o CO2 Revolution, uma solução que otimiza os processos da terra, também consegue criar um ecossistema em pouquíssimo tempo e com grande eficiência. Graças ao seu sistema, 25.000 árvores podem ser replantadas em um único dia. Isso significa que 50 vezes menos tempo é gasto em reflorestamento.

Resultados

Desde o início do projeto, em 2012, mais de seis milhões de árvores foram plantadas pela Worldview Impact. A organização sem fins lucrativos recentemente trabalhou com a engenharia da BioCarbon.

Estima-se que dois operadores trabalhando com 10 drones possam plantar 400 mil árvores por dia. Eles mapeariam os drones, enquanto coletam dados sobre a condição do solo e a topografia.

O projeto deverá ter um grande impacto na mudança climática. Até porque os pesquisadores calcularam recentemente que há espaço disponível para plantar 1,2 bilhão de árvores em todo o planeta. Ou seja, o suficiente para absorver mais carbono a cada ano do que os humanos emitem. Os drones estão ajudando a salvar o meio ambiente.

Em tempo

Na Reunião Anual do Fórum Econômico Mundial em Davos deste ano, a Noruega anunciou um fundo de 400 milhões de dólares para lançar investimentos na agricultura livre de desmatamento. Os países que estão trabalhando para reduzir sua degradação florestal são o "público-alvo" do financiamento.

Estima-se que o mundo esteja perdendo vegetação equivalente a 48 campos de futebol a cada minuto.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+