• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Entenda o 'Anel de Fogo' que é supostamente a origem de grandes desastres

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      01/10/18 às 16h51

Uma região com elevada instabilidade geológica localizada no Oceano Pacífico é conhecida como Anel de Fogo. Do oeste das Américas, passando pela Ásia até chegar a Oceania, a região tem uma extensão de cerca de 40 mil quilômetros. Supostamente, nessas localidades, terremotos e erupções vulcânicas acontecem com muita frequência.

A região do Pacifico é formada por diversos limites tectônicos. Placas oceânicas interagem com placas continentais, entre outras, e é a razão mais óbvia para todas essas atividades. Entretanto, as coisas que acontecem no Chile, por exemplo, não afetam o que acontece na Califórnia, Japão ou na Nova Zelândia. Isso porque elas não estão diretamente conectadas.

O Anel de Fogo

Na borda do Pacífico é possível encontrar diversos vulcões. Isso devido a subducção, onde placas oceânicas são sobrepostas por placas continentais ou até mesmo por outras placas oceânicas. Esse processo seria então a razão para tantos vulcões terem surgido por ali. A pior parte é que eles podem entrar em erupção a qualquer momento, causando diversos desastres e tragédias.

Quando acontece a subducção, geralmente também acontecem os terremotos. Aparentemente ao longo da extensão do Anel de Fogo, centenas de terremotos acontecem a cada semana. Sendo alguns deles bem grandes e em regiões povoadas, como na Indonésia ou no México. Esse eventos geológicos acontecem de forma aleatória, sendo que alguns ocorrem próximos aos outros.

As atividades

Cerca de 90% dos terremotos que já foram registrados na Terra ao longo de nossa história são resultado dos processos tectônicos originados nesta região. Em 1960, um terremoto de grau 9 na Escala Richter, que varia de 1 a 10, aconteceu no Chile e é considerado um dos maiores que já ocorreram.

Apesar de sermos bombardeados com notícias recentemente, que denotam uma atividade acima do comum na região do Anel de Fogo, as atividades que estão acontecendo na verdade não se tratam de um fenômeno geológico, mas sim de fatos puramente produzidos pelo homem. Junte um desses eventos, e alguns outros aleatórios, que até mesmo teriam passado despercebidos pela grande mídia, e então uma superatividade começará a tomar as manchetes.

As atividades estão acontecendo como sempre aconteceram. Talvez o que esteja havendo seja um agrupamento delas em um curto espaço de tempo, dando a impressão no aumento de tais ocorrências. Vale lembrar que vulcões estão espalhados no mundo todo, não somente no Anel de Fogo, e também são a causa de diversas tragédias.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   Discover  
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+