icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Entenda o motivo de sentirmos um aperto no peito quando estamos tristes

POR Natália Pereira EM Ciência e Tecnologia 21/06/18 às 17h53

capa do post Entenda o motivo de sentirmos um aperto no peito quando estamos tristes

Você provavelmente já disse, ou ouviu além dizer, algo como "Nossa, que aperto no coração!", certo? Essa frase, extremamente popular, geralmente é utilizada para expressar a dor que uma pessoa sente quando algo triste e ruim acontece com ela ou alguém a sua volta. Mas, ainda que pareça só mais um ditado bobo, é realmente normal que se sinta um 'aperto no coração' quando estamos chateados com algo.

A verdade é que, caso você nunca tenha percebido isso antes, existe mais verdade nessa frase do que você poderia imaginar. Além disso, a razão para que isso aconteça em momentos de estresse e ansiedade podem ser realmente interessantes e todos deveriam saber o motivo. Afinal, precisamos aprender mais sobre nós mesmos e nossos corpos para podermos melhorar aquilo que não é agradável. Por isso, depois de explicar a razão para esse fato, iremos mostrar alguns passos para impedir que isso aconteça!

Por que sentimos um aperto no peito quando estamos tristes?

Toda essa sensação incômoda e estranha que sentimos em nosso peito quando estamos tristes ou ansiosos não passa de um efeito da adrenalina liberada pelo nosso corpo. Isso porque, quando passamos por algum tipo de estresse, o nosso cérebro acaba enviando sinais para que o resto do corpo libere ainda mais do hormônio. O problema é que, ao fazer isso, acabamos sofrendo certas reações físicas como consequência do alerta emitido.

Essas reações incluem a tonificação dos músculos, o aceleramento dos batimentos cardíacos e a dilatação das pupilas. E, além disso, ainda acontece uma contração dos músculos intercostais superiores, presentes na região do tórax. Isso acontece para que aconteça um aumento rápido na quantidade de oxigênio presente no sangue, a fim de fornecer mais energia. Tudo isso porque o seu corpo acaba entendendo que talvez seja necessário agir rapidamente e você vai precisar de disposição para isso.

O problema é que, de acordo com um médico e especialista em ansiedade e estresse da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), chamado Geraldo Possendoro, essa tensão pode ser tanta que chega a causar uma dor torácica em algumas pessoas. Mas, felizmente, isso pode ser resolvido com uma técnica de respiração abdominal!

Como acabar com essa dor?

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o porquê de isso acontecer quando estamos tristes, iremos ensinar uma técnica para evitar que isso continue. Para isso, tudo o que você precisa fazer é seguir esses 4 passos 2 vezes por dia, durante cerca de 10 minutos. Em primeiro lugar, se certifique de estar em uma posição confortável, de forma que a sua coluna fique ereta. Em seguida, coloque as suas mãos sobre a parte da frente do seu corpo, sendo que uma delas vai ficar um pouco abaixo do pescoço e a outra no osso esterno - no começo da barriga.

Depois que as mãos estiverem posicionadas corretamente, garanta que a mão de cima não irá se mover durante a inspiração, apenas a de baixo. E, no momento de expirar, contraia o diafragma, impulsionando-o para a direção das costas, e permita que o ar saia pela boca. Se você seguir esses passos corretamente, provavelmente, não voltará a ter problemas com a dor no peito. Mas e aí, o que acharam? Acreditam que isso vai ajudá-los com o problema?


Próxima Matéria
avatar Natália Pereira
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest