• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Entenda porque pessoas ficam irritadas quando estão com fome

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      02/10/19 às 17h46

Você é o tipo de pessoa que fica irritado/a quando está com fome? Bom, se a resposta for sim, fique tranquilo. Tal condição é perfeitamente explicada pela ciência. Aparentemente, se sentir irritado por estar de barriga vazia é algo que afeta muita gente mundo afora.

A comediante Jess Fostekew relatou que, após duas semanas em uma dieta que restringia o consumo de carboidratos, ela estava se sentindo muito irritada. "Eu perdi completamente a cabeça num incidente no trânsito", lembrou Fostekew, durante um programa da BBC Radio 4. "O carro atrás de mim, que por acaso estava cheio de homens grandes, buzinou porque não atravessei a tempo o semáforo".

Fosketew 'perdeu a cabeça', desceu do carro e desafiou os homens, que estavam dentro do outro carro, para uma braga. Felizmente, eles não a levaram a sério e ela voltou para seu carro. "Em seguida, eu estacionei e comecei a chorar de soluçar - soluços de raiva - e então prometi nunca mais deixar de comer carboidratos", concluiu a comediante.

A professora de nutrição e dietética do Kings College London, Sophie Medlin, explicou à BBC porque isso nos ocorre. "Há muito tempo, a ciência sabe que a fome provoca irritação. Quando o nível de açúcar do sangue cai, ao mesmo tempo sobem os níveis de cortisol e adrenalina - nossos hormônios de luta ou fuga (ou mais conhecidos como do estresse)".

Por outro lado, quando o cérebro entende que nosso organismo precisa se alimentar, é liberado no nosso corpo os neuropeptídios. Sendo estas substâncias responsáveis por provocar sensação de fome. "Os neuropeptídeos que provocam a fome são os mesmos que provocam irritação, raiva e comportamentos impulsivos. Então, é por isso que você tem este mesmo tipo de resposta", disse Medlin.

Fome x irritabilidade

Essa reação diante da fome é, por muitas vezes, associada pela mídia às mulheres. Artigos, que costumam abordar o tema, são ilustrados utilizando imagens de mulheres nervosas, aos gritos. Entretanto, esta se trata de uma inverdade. Quando questionada se as mulheres era mais vulneráveis a tal condição, eis o que Medlin respondeu.

"Absolutamente, não. "Isso pode acontecer com qualquer um e, talvez, do ponto de vista da neurociência, seja mais provável de acontecer com homens do que com mulheres". Os homens possuem mais receptores de neuropeptídios do que as mulheres.

Entretanto, essas substâncias podem ser afetadas por coisas como a flutuação de estrogênio, então, pode acontecer de mulheres sentirem 'hanger' em momentos diferentes de seu ciclo", completou a professora. Porém, "bioquimicamente, na neurologia, os homens são muito mais propensos ao fenômeno do que as mulheres". 'Hanger' é um neologismo, em inglês, que faz a junção das palavras "hungry" e "anger", que significa "faminta" e "raiva", respectivamente.

De acordo um estudo de 2014, toda essa irritação, devido à fome, pode exercer influência nos relacionamentos. Os resultados do estudo sugeriram que baixos níveis de açúcar no sangue foram relacionados a maiores níveis de agressividade, entre os casais.

Para aqueles, que desejam evitar passar por todo o estresse provocado pela fome, Medlin forneceu algumas dicas. "Depende de quanto tempo haverá até a próxima refeição, preferivelmente, você precisa de algo com um pouco o açúcar no sangue e que o mantenha lá. Então, um lanche com algum tipo de carboidrato salgado, poder ser a melhor opção".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+