• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Eslovênia declara o fim da pandemia no país

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      18/05/20 às 14h29

A pandemia do novo coronavírus está mexendo com o mundo de várias formas. Hoje, vivemos uma situação caótica, com cidades vazias, escolas e comércios fechados, restrições de locomoção e proibições de aglomerações. Embora muitos não entendam, essa é a melhor estratégia para tentar conter a disseminação do coronavírus.

Os coronavírus são uma família grande de vírus, mas só era sabido que seis deles afetavam os humanos. Com esse novo vírus, agora são sete. Um desses causa a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) que, em 2002, matou 774 pessoas, na China. O novo vírus é chamado de COVID-19.

O mundo todo está em estado de alerta. E a preocupação de todos é quanto tempo isso tudo irá durar. Pesquisas ao redor do mundo estão sendo feitas a procura de um tratamento ou vacina eficaz contra o novo coronavírus, enquanto as pessoas mantém o isolamento social e um ritmo de vida diferente do que era o normal antes do surto do vírus.

Começamos a ouvir falar do vírus em dezembro de 2019 quando ele estava começando infectar várias pessoas na China. E cinco meses depois ele está presente em todo mundo e parece não ter um lugar livre do vírus.

Mas o governo esloveno anunciou, na última quinta-feira (14/5), o fim da epidemia de COVID-19 no país. Além disso, eles reabriram suas fronteiras, mas algumas medidas preventivas continuam em vigor para evitar o contágio novamente.

Fim da pandemia

A Eslovênia tinha declarado que a epidemia de coronavírus tinha chegado no país no dia 12 de março. Agora, ele é o primeiro país da União Europeia a anunciar o fim da epidemia em seu território.

De acordo com o primeiro-ministro, Janez Jansa, a decisão foi tomada porque "a Eslovênia controlou a epidemia e hoje tem a melhor situação clínica na Europa" com relação ao novo coronavírus.

Todas as fronteiras do país vão ser reabertas e os cidadãos europeus poderão circular normalmente sem nenhum problema. Mas outras pessoas que não sejam do continente vão ter que ficar em uma quarentena de, pelo menos, sete dias quando chegarem ao país.

O país faz divisa com a Áustria, Croácia, Hungria e Itália. Durante o surto de coronavírus, o país que tem dois milhões de habitantes teve ao todo 103 morte e 1.500 casos de contaminação. E nos últimos dias, o número de infectados foi baixo. Nas últimas duas semanas, foram registrados apenas sete novos casos do vírus.

Prevenção

Mesmo que o país tenha declarado que a pandemia acabou, as medidas de segurança permanecerão em vigor. Isso para evitar uma segunda onda de contaminações. Essas medidas proíbem a realização de reuniões públicas, exige o uso de máscaras e regras de distanciamento social em lugares públicos.

O governo esloveno tinha anunciado a suspensão da maioria das restrições a partir da semana que vem. No país, os centros comerciais e os hotéis de até 30 quartos vão poder reabrir.

De acordo com a rádio pública eslovena, com essa declaração o país evita a prolongação até o final de junho. E o plano de apoio será suspenso agora no final de maio.

Próxima Matéria
Via   MSN  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+