• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Espaçonave de 200 toneladas voará até o espaço e retornará intacta à Terra

POR Jesus Galvão    EM Ciência e Tecnologia      02/10/19 às 16h21

O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, revelou recentemente seu mais novo projeto para exploração do espaço. Na noite do último sábado, dia 28, Musk revelou os detalhes finais da recém-montada nave espacial de sua empresa, a Starship Mk1. Ela foi montada nas instalações da SpaceX em Boca Chica, no sul do Texas, nos Estados Unidos.

Não é novidade para ninguém que o magnata da tecnologia deseja transformar a humanidade em uma espécie multi planetária. Ao longo dos anos, desde a criação da SpaceX, Musk vem trabalhando na elaboração de estratégias e maquinários, que viabilizem seus planos de explorar e colonizar outros planetas, como Marte. O anúncio feito por Musk afirma que a nave estará pronta para voar já nos próximos meses.

O New York Times informou que, segundo Musk, em cerca de 1 ou 2 meses, a Starship poderia realizar um voo teste não tripulado. A espaçonave, que pesa cerca de 200 toneladas (sem combustível), e tem 50 metros de altura, fará um voo de 20 quilômetros, e, segundo as expectativas de seus criadores, ela voltará intacta para o solo. "Vai ser bem épico ver essa coisa decolar e voltar", disse Musk. Um detalhe impressionante é que, uma vez que a nave for abastecida com metano líquido e oxigênio, ela poderá chegar a pesar até sete vezes mais.

Em sua conta no Twitter, Musk publicou algumas fotos da montagem da espaçonave. Em um dos posts, o CEO escreveu: "Droid Junkyard, Tatooine". Sendo esta uma clara referência ao planeta natal de Luke Skywalker, de Star Wars. Em outro tweet, Musk completou: "A nave espacial nos permitirá habitar outros mundos. Tornar a vida, como a conhecemos, multiplanetária".

O céu não é o limite

A nave, criada por Musk e sua equipe, no entanto, não foi construída para ir até Marte, de imediato. Em suma, a intenção é criar um veículo com o qual se possa experimentar novas tecnologias que, um dia, poderão levar uma nave para o planeta vermelho. A construção da Starship Mk1 segue o modelo de um protótipo anterior, chamado Starhopper. Este, que voou cerca de 152 metros, na época, aterrizou em um bloco de concreto, em agosto.

Agora, com algumas adaptações, ao novo modelo foi acrescentado à sua base três motores de foguete do tamanho de um carro. Com eles, Musk espera conseguir impulsionar a espaçonave a mais de 20 km. Posteriormente, a nave, que possui painéis de aço bruto, poderá ser lançada para um voo ao redor da Terra.

Ainda segundo o anúncio feito no sábado, a Starship poderá transportar 100 passageiros. Inicialmente planejava-se a nave seria construída em fibra de carbono. Entretanto, os projetistas acabaram mudando de ideia, e optaram pelo o uso do aço inoxidável, que tem um custo de produção inferior. Além do mais, a SpaceX afirma que toda a estrutura da Starship é reutilizável.

"O aço inoxidável é de longe a melhor decisão de design que tomamos", afirmou Musk, segundo a Ars Technica. "…O aço é fácil de soldar e resistente às intempéries…Honestamente, estou apaixonado por aço".

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+