• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Especialista explica o que os bebês sentem quando chegam ao mundo

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      02/10/18 às 15h03

Se você está aqui lendo essa matéria, caro leitor, obviamente você passou pelo processo do parto para estar vivendo aqui entre nós. Nós temos muitas lembranças da nossa infância, de quando éramos muito pequenos, mas ninguém se lembra exatamente como foi na hora do parto, isso é um fato.

Durante os nove meses que um bebê passa no útero da mãe, o organismo materno passa por diversas alterações fisiológicas para sustentar o bebê em crescimento e se preparar para o parto. Mas quando o dia do parto chega, o que será que os bebês sentem quando saem de dentro da mãe e dão de cara com o mundo? A gente trouxe a explicação de um especialista na área para contar para vocês.

A primeira experiência de vida

Imaginem um bebê tendo que passar por um pequeno canal. Geralmente um bebê nasce pesando entre 3 a 4 quilos e tem de passar por um pequeno canal de 10 centímetros de diâmetro. O parto é a primeira experiência de vida de um bebê, o momento exato em que ele tem o primeiro contato com sentimentos desconhecidos.

Como a mãe sente dores por causa das contrações, isso significa que o bebê está afundando a cabeça na pélvis para começar a dilatação no colo do útero. Nessa hora o corpo da mãe produz o hormônio ocitocina, para começar a causar as contrações.

Para quem não sabe a ocitocina é conhecido como o hormônio do amor e pode fazer com que o bebê fique mais calmo. Dru Campbell, parteira da Policlínica de Health Bay, em Dubai, diz o seguinte "A mãe deve ficar em casa o maior tempo possível para estimular a produção de ocitocina, já que ela tende ficar mais confortável em seu ambiente do que em um hospital. Além disso, ficar em casa pode reduzir a chance de ter que passar por intervenções desnecessárias".

O começo do parto

Depois de começar a sentir as contrações mais fortes e prolongadas, o colo do útero vai começar a se dilatar cada vez mais. Nisso, o bebê sente se pressionado pelas contrações e começa a precisar de oxigênio. As paredes do canal então vão dar lugar a cabeça do bebê e ele vai começar a sair.

Mas como pode uma cabeça tão grande passar por um canal tão pequeno? Na verdade, os recém-nascidos têm um crânio macio exatamente por causa disso. "Se você tocar na cabeça de um bebê, sentirá que não é uniforme," diz Richard Auerbach, neonatologista do Hospital Joe DiMaggio Crianças na Flórida.

Para tentar encontrar a posição ideal para vir ao mundo, é normal que os bebês se contorçam no canal do parto, o que pode acabar causando um desconforto para a mãe. É bem provável que eles sintam um pouco de dor na hora do parto, já que não deve ser nada agradável ter uma massa muscular te pressionando.

Auerbach diz o seguinte: "É difícil saber o que um bebê sente, mas sua dor e a de seu bebê são totalmente diferentes. É possível que a dor do bebê seja o que se sente ao ser comprimido por um espaço apertado".

O nascimento

Depois que a cabeça do bebê sai, o resto do parto fica muito fácil. Mas essa hora talvez seja a parte mais difícil para o bebê, já que ele vai ter que respirar fora do útero da mãe pela primeira vez. Depois de nascer o bebê começa a bombear mais sangue para o pulmão.

Mas o que será novo para um recém-nascido é o frio. Imaginem estar em um lugar com 37 graus e ir para outro com 20, por exemplo? Os níveis de tireoide do bebê vão lá em cima por causa da exposição ao frio, o que o ajuda na produção de adrenalina para ajudar na regular sua temperatura.

E você, fazia ideia do que um bebê sente durante e após um parto? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+