• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essa blogueira chinesa viralizou depois de se envenenar ao vivo, sem querer

POR PH Mota    EM Entretenimento      06/07/17 às 18h35

Tendências de saúde e bem estar tem chamado cada vez mais a atenção na internet, às vezes de maneira tão intensas que podem se tornar ridículas ou perigosas. Isso ficou claro recentemente quando uma mulher foi parar no hospital depois de fazer uma transmissão ao vivo enquanto comia uma planta venenosa que ela confundiu com aloe vera.

Comer aloe vera crua é uma tendência de saúde que tem crescido entre blogueiras fitness ao redor de todo mundo. No último mês, a China tem visto um aumento no número de publicações envolvendo o assunto entre jovens e mulheres de todo o país. A blogueira Zhang, de 26 anos, foi uma delas.

A chinesa gravou o vídeo intitulado "banquete de aloe vera" em que aparece segurando dois grandes talos de planta antes de começar a morder uma das folhas. No clipe, que já viralizou na China e tem se espalhado pelo mundo, é possível ouvir que ela não reage mal ao sabor da planta. Quando começa a morder a folha pela segunda vez, percebe que tem algo errado. "Oh, isso está amargo. Muito amargo", antes de ser feito um corte.

A blogueira precisou abandonar a transmissão ao vivo para ser encaminhada ao hospital. No local, médicos perceberam que ela apresentava erupções cutâneas e bolhas por todo o corpo. Para salvá-la, eles precisaram forçar o estômago da jovem na intenção de remover partes da planta que ela havia ingerido.

Infelizmente, a planta que a chinesa começou a consumir em vídeo não era aloe vera. A planta foi identificada como Agave Americana (ou aloe americana). A planta venenosas pode ser encontrada no México, geralmente não é comestível e possui uma parte externa com tantas fibras que é utilizada para fazer cordas.

Apesar de poder ser consumida depois de tratada - néctar de agave é reconhecido como uma alternativa popular para o mel e alguns tipos da planta podem produzir uma espécie de variação de tequila conhecida como pulque -, consumir as folhas em estado natural pode levar a resultados desastrosos e até mesmo morte.

De acordo com os relatos, Zhang teve a sua condição estabilizada e conseguiu se recuperar do acidente registrado ao vivo.

Consumir aloe vera em seu estado puro tem sido uma recomendação cada vez mais popular no mundo das blogueiras de saúde e bem estar, com vários textos e vídeos defendendo que a planta pode fazer todo tipo de milagre, incluindo retardar o crescimento de tumores de câncer.

Na verdade, não existe muita evidência que a aloe vera tem muitas propriedades benéficas para o corpo humano, de acordo com a Centro Nacional de Saúde Complementar e Integrada. Porém, outras pesquisas apresentam outros tipos de resultados. Segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland, por exemplo, o gel liberado pelas folhas da planta são realmente eficazes no tratamento de cortes e queimaduras e melhoram a pele, entre outros benefícios. Mas eles destacam que comer folhas de aloe vera cruas pode causar problemas.

Os perigos podem ser ainda maiores se você confundir a planta por algo que pode ser prejudicial e venenoso, como no caso da chinesa. De qualquer forma, é importante ficar atento a recomendações pseudocientíficas ou estudos duvidosos e lembrar que nem tudo que é natural é mais seguro. "A suposição é que se algo é natural, é mais saudável e seguro do que as coisas produzidas por humanos. Mas isso não é verdade. É uma falácia", explica Tim Caulfield, chefe de pesquisa em Leis e Políticas de Saúde da Universidade de Alberta, no Canadá.

"Você o mito de "natural é melhor" com o mito de "químicos são ruins" e cria uma dicotomia que permite esse tipo de comportamento ser visto como razoável. Você cobre tudo com as forças de mercado, onde essas ideias são utilizadas para vender produtos, e dá ainda mais tração cultural a elas."

Ainda que dicas de medicina e tratamentos alternativos possam ser eficientes, é sempre importante buscar a fonte e a origem de cada um deles, para não passar por situações de despreparo e risco. Confie apenas em estratégias conhecidas, profissionais competentes e estudos confiáveis.

Próxima Matéria
Via   Motherboard     Inquirer  
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+