• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essa foi a letra do Hino Nacional escrita por Machado de Assis

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      26/09/18 às 15h58

Nossa República tem quatros símbolos oficiais, são eles a Bandeira Nacional, as armas nacionais, o selo nacional e o Hino Nacional Brasileiro. Nosso hino tem a letra de Joaquim Osório Duque Estrada e música de Francisco Manuel da Silva. A letra e o ritmo tiveram algumas alterações com o passar da história e foi gravado pela primeira vez em 1917.

Agora, foi achado na Biblioteca de Florianópolis uma letra inédita do hino escrita por Machado de Assis em 1867. Os versos encontrados exaltavam o imperador D. Pedro II. A música começava assim: "Das florestas em que habito/ Solto um canto varonil:/ Em honra e glória de Pedro/ O gigante do Brasil".

Os versos encontrados foram publicados no jornal catarinense O Constitucional, e foram preservados pela Biblioteca Pública de Santa Catarina. Eles foram descobertos pelo pesquisador independente Felipe Rissato. Machado de Assis os escreveu em uma época em que se dedicava principalmente à poesia.

Os versos escritos por Machado de Assis foram para o aniversário de 42 anos de D. Pedro II em 2 de dezembro. A composição seria apresentada no mesmo dia na cidade de Desterro, que era o antigo nome de Florianópolis. A apresentação não aconteceu e acabou sendo adiada para o dia 11 de dezembro. Não se sabe ao certo onde essa apresentação aconteceu, mas provavelmente foi no Teatro São Pedro de Alcântara.

O lugar em que a provável apresentação do hino aconteceu foi visitado pelo imperador em 1845 e fechou suas portas em 1869. O teatro mais antigo da cidade é datado de 1875, é o Teatro Álvaro de Carvalho.

Letra completa

Estribilho (refrão)

Das florestas em que habito
Solto um canto varonil:
Em honra e glória de Pedro
O gigante do Brazil

Letra

Enche o peito brasileiro
Dôce luz, almo fervor,
Ante o dia abençoado
Do seu grande Imperador

Em firme throno sentado
O colosso Imperial
Tem por base da grandeza
O coração nacional

Correm annos e este dia
Surge na terra da Cruz
Abre-se a alma do povo
Jorra do Céu nova luz

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+