icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Essa menina indiana nasceu com 3 pernas, veja como ela está hoje

POR PH Mota    EM Entretenimento      02/05/17 às 18h08
capa do post Essa menina indiana nasceu com 3 pernas, veja como ela está hoje

Muita gente vive de uma forma completamente desastrada, está sempre caindo ou tropeçando nas mesmas pernas. Agora imagine como não seria a vida de alguém assim se tivesse nascido com a mesma condição que esta garota natural de Bangladesh.

Choity Khatun, que tem apenas três anos, nasceu com uma terceira perna ligada à sua pélvis. Isso porque partes do corpo de um irmão gêmeo acabou crescendo dentro dela, gerando o membro extra.

Por conta da condição, Choity precisava passar por uma cirurgia extremamente complexa. Analisando o problema, especialistas de Bangladesh julgaram que a garota tinha poucas chances de sobreviver ao processo cirúrgico. Assim, ela acabou indo para a Austrália, graças à organização beneficente Children First Foundation.

Em Melbourne, uma nova equipe de cirurgiões passou meses estudando um procedimento capaz de remover o membro extra e reconstruir a parte danificada na cirurgia. "O problema é que não há regras para isso porque ela é um indivíduo muito único, então é preciso trabalhar com o que está ali", declarou o cirurgião pediátrico do Hospital Pediátrico Monash, Chris Kimber.

O médico explicou que a cirurgia deveria ser determinada pelas peculiaridades do corpo da garota, o que transformava o processo em algo único. Por causa disso, foi fundamental passar muito tempo analisando o caso e entendendo tudo o que faria parte da cirurgia.

Antes da operação, o time de médicos australianos teve várias discussões com médicos de Bangladesh, que já haviam feito algumas operações. A equipe precisava determinar se novas cirurgias para remoção completa da perna seriam possíveis.

Quando Choity chegou na Austrália, parte de sua terceira perna já havia sido removida em processos cirúrgicos em sua terra natal, mas ela ainda tinha grande parte do membro conectado à pélvis, entre as duas pernas normais. Além disso, porque havia partes de um gêmeo ali, ela também tinha dois retos, duas vaginas e dois úteros.

Depois de um longo planejamento, a equipe de cirurgias formada por oito médicos especialistas em reconstrução genital e pélvica foi realizada Choity em novembro de 2016. O procedimento levou 8 horas.. A terceira perna foi removida e os médicos tiveram um longo caminho para reconstruir a região, de forma que ela pudesse levar uma vida normal e não sofresse danos por causa da perda da perna. Outra dificuldade estava em remover, desconectar e reconectar outros órgãos.

De acordo com o Dr. Chris Kimber, Choity, que também é parcialmente cega, supero a desnutrição, ganhou peso e já consegue andar e normalmente depois da cirurgia.

O médico também também acredita que quando ela chegar à adolescência, pode precisar de novas cirurgias para corrigir o corpo, mas a curto prazo ela pode voltar para a casa, em Bangladesh, e levar uma vida normal sem a intervenção médica.

Diante da recuperação da filha e da possibilidade de vê-la levar uma vida normal, a mãe demonstrou felicidade. "Tudo está bem agora... ela pode brincar como qualquer outro bebê", declarou Shima Khatum, de 22 anos.

O que achou da história da pequena menina de Bangladesh que passou os primeiros anos de vida sofrendo com uma condição tão rara?


Próxima Matéria
Via   G1     BBC  
Imagens BBC Daily Mail
avatar PH Mota
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest