icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Essa mulher sobreviveu a um ataque de tubarão e conta o que fazer para se proteger

POR Gustavo Camargo EM Curiosidades 22/06/17 às 18h00

capa do post Essa mulher sobreviveu a um ataque de tubarão e conta o que fazer para se proteger

Talvez um dos maiores medos de quem gosta de frequentar o mar, seja para tomar banho ou praticar algum esporte é dar de cara com um tubarão.

Maria Korcsmaros faz triatlo (Provas de natação) há quase 20 anos. Ela fala que sempre estava ciente do perigo de entrar em contato com tubarões enquanto pratica a natação oceânica, mas onde ela treinava, Corona del Maor no sul da Califórnia, é considerada uma área segura.

Maria decidi fazer seu treinamento de natação numa tarde e passar o resto do dia na praia com seu marido, Alex, e seu filho Lucas. "Eles ficaram me esperando na praia quando comecei a ir pela linha da boia, a 200 metros da costa, quando sentiu uma dor repentina." "Da força e intensidade da dor, pensei em mim, só existe uma coisa que isso poderia ser, e isso é um tubarão". Disse Maria.

Maria começou a acenar desesperadamente para chamar atenção de um barco salva-vidas que estavam passando ali perto. Eles viram o pedido de ajuda e a levaram para fora da água em menos de um minuto depois. Logo após foi levada ao hospital e estava sendo tratada por uma mordida de tubarão que cobria todo o tronco, o que acabou deixando-a com três costelas quebradas, uma pelve fraturada, um fígado perfurado e um nervo femoral cortado.

"Naquele momento eu não senti nada, a adrenalina assumiu o controle. Os salva-vidas me agarraram pelos braços e me puxaram para fora da água. Então a dor entrou e foi bastante intensa. Meu tríceps foi arrancado do meu braço direito (o tubarão me pegou do lado direito). Senti um monte de sangue quente e jorrando. O salva-vidas colocou um grande pedaço de gaze no meu braço para absorvê-lo e um torniquete para abrandar o sangramento. Meu peito se sentia pesado, como se alguém tivesse colocado o pé sobre ele, e eu estava tendo problemas para respirar. Foi excruciante. Quando cheguei ao hospital, disse às enfermeiras que me deixassem dormir por causa da dor. Eu só queria que eles me corrigissem." Disse Maria.

E ai, o que acharam da história de Maria? Comentai ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos.


Próxima Matéria
Via   Omg  
avatar Gustavo Camargo
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest