• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essas espécies de animais definitivamente precisam de óculos

POR Mateus Graff    EM Mundo Animal      21/06/18 às 15h20

Como será que os animais enxergam? Se você acha que eles enxergam exatamente igual aos humanos, caro amigo, saiba que você está redondamente enganado. Na verdade, algumas espécies podem ter a visão pior do que nós, e outras enxergam muito melhor.

Mas em uma medida chamada acuidade visual, os nossos olhos são capazes de ver detalhes que a maioria dos animais não consegue. Estamos falando isso por causa de um novo estudo divulgado pela Universidade de Duke, nos EUA. A pesquisa fez comparação de centenas de espécies no quesito nitidez. A gente mostra mais sobre esse estudo para vocês.

Medida de "ciclos por grau"

Foi compilado algumas estimativas antigas de acuidade visual de mais ou menos 600 espécies de animais. A maioria das espécies veem o mundo com menos detalhes que nós. Por isso, a equipe usou uma medida conhecida como 'ciclos por grau' para determinar a acuidade visual das espécies. Essa medida é quantos pares de linhas paralelas em preto e branco uma espécie pode discernir dentro de um grau do campo de visão antes da imagem se transformar em uma mancha cinza.

Ficou confuso? A gente explica mais uma vez para você. Como é impossível a gente pedir para os animais identificarem letras em um cartaz, por exemplo, acuidade visual é avaliada com base na anatomia do olho. Sendo assim, fatores como espaçamento e densidade das estruturas sensíveis à luz são analisados.

Acuidade visual do reino animal

Os humanos podem ver cerca de 60 ciclos por grau, o que nos ajuda a distinguir sinais de trânsito, por exemplo. Já as aves de rapina são muito melhores nesse quesito. A águia-audaz, da Austrália, pode ver 140 ciclos por grau. Isso indica que as aves podem ver algo muito pequeno a milhares de metros de distância. Outras aves pode ver menos que 30 ciclos por grau.

Em comparação com cães e gatos, os seres humanos uma visão entre quatro a sete vezes mais detalhada. Em comparação aos ratos ou mesmo uma mosca, nossa visão chega a ser 100 vezes mais detalhada.

Já os insetos, coitados, na maioria das espécies não é possível ver mais de um ciclo por grau.

A visão dos animais

Foi descoberto uma diferença de 10 mil vezes entre espécies com mais e menos acuidade visual. Os cientistas criaram, a partir desse estudo e usando um software chamado AcuityView, imagens que mostram como pode parecer diferentes cenas para animais com acuidades diferentes.

Isso pode ser importante até para entender os comportamentos de cada espécie. Quer um exemplo? Há um tempo cientistas discutem a função dos padrões nas asas das borboletas. Uma suposição é que elas alertam os pássaros e outros predadores para se afastarem, mas também pode servir para atrair parceiros

Esses padrões podem ser aparentes para muitos pássaros, mas para outras borboletas pode parecer apenas um borrão, mesmo de muito perto. A imagem acima mostra à esquerda as asas de uma borboleta para um pássaro que procura comida, à direita a imagem para outra borboleta.

A partir do estudo surgiu também a nova hipótese de que alguns animais usam essas diferenças na acuidade para mandar, digamos assim, mensagens secretas que algumas espécies percebem, outras não. No caso das aranhas da família Araneidae, por exemplo, elas decoram suas teias em ziguezague, espirais e outros desenhos. Existe a teoria de que esses desenhos impedem que animais maiores colidem com a teia, outra ideiam é de que atraem presas. Nessa imagem abaixo é possível ver à esquerda a teia vista pelos pássaros e à direita a teia vista por uma mosca.

O estudo mostrou que aves enxergam essas teias a mais de 1,80 metros de distância. Mas elas são completamente invisíveis para pequenos insetos. Sendo assim, os desenhos nas teias podem ajudar a alertar os pássaros para não colidir com as teias, sem se tornarem visíveis para as criaturas que as aranhas querem que fiquem presas.

Mas e você, sabia de tudo isso sobre como os animais enxergam? Bom, provavelmente algumas coisas são mais nítidas ou mais fáceis de enxergar para diferentes espécies devido ao "pós-processamento" que ocorre quando a informação visual é enviada para o cérebro. Esse estudo só nos mostra como a natureza é perfeita.

Próxima Matéria
Via   Hypescience     Phys  
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+