• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essas foram as 5 vezes em que charlatões fizeram coisas realmente boas para o mundo

POR Natália Pereira    EM Entretenimento      26/06/18 às 17h40

Existem diversos tipos diferentes de pessoas e elas estão espalhadas por todo o mundo, podendo ser boas ou más. E, para falar a verdade, algumas acabam conseguindo unir esses dois fatores em uma só coisa, por mais difícil que isso possa ser. O fato é que, dentre todas elas, existem aquelas que chamamos de trapaceiros ou charlatões. Sendo estes, até o momento, um dos piores tipos de que dispomos.

Isso porque, se pararmos para pensar sobre eles, não é difícil ver como tudo o que fazem é para benefício próprio. Fazendo com que, para ganharem algo, eles sejam capazes de fazer qualquer coisa, até mesmo prejudicar aqueles que estão a sua volta. Mas, afinal, se são assim tão ruins como seriam capazes de fazer algo bom para a sociedade e o mundo em si? A verdade é que, como mencionamos, vez ou outra as pessoas acabam conseguindo encontrar um equilíbrio entre o bem e o mal. E, mesmo que por um breve momento, esse trapaceiros acabaram conseguindo fazer isso.

1 - Falso cardiologista

As pessoas falsificam todo tipo de coisa para conseguirem o que querem de forma mais fácil e rápida. Mas, ainda assim, esse homem parece ter passado dos limites nesse ponto. Afinal, William R. Hamman, um cardiologista com 15 anos de experiência, nunca se formou realmente em medicina. A verdade é que, apesar de ter frequentado a faculdade nos anos 80, ele acabou não se formando. O fato é que, além das mentiras que envolviam sua capacitação médica, ele era um piloto e talvez essa seja uma das únicas verdades sobre a sua história.

Ainda assim, o fato de não ter se formado parece não ter impedido esse homem de publicar artigos em revistas sobre medicina, fazer conferências na área ou mesmo treinar médicos de verdade em suas funções. E, para isso, William acabou promovendo treinamentos médicos por meio de simulações, da mesma forma que faziam com os pilotos. A questão é que a sua tática acabou fazendo com que ele ficasse extremamente conhecido e sua farsa só foi descoberta 20 anos depois de ter início. Além disso, ele chegou a doar US$ 2,8 milhões para o Centro de Excelência em Pesquisa de Simulação da Western Michigan University.

Por mais que tenha sido um charlatão, o seu objetivo era desenvolver simulações de computadores para médicos e ajudá-los no seu aperfeiçoamento. E, apesar de não ser formado, ele parecia ser realmente bom nisso. Afinal, mesmo depois de descoberto, pessoas acabaram querendo que ele se mantivesse na área e apenas trocaram o seu título de Doutor para 'Capitão de Simulações'.

2 - O Papai Noel de Nova York

Quando pensamos em Papai Noel parece difícil imaginar que alguém possa exercer essa função apenas para se beneficiar mas foi exatamente isso o que John Duval Gluck fez. O fato é que, apesar de não saber exatamente como e quando isso começou, muitos correios acabavam recebendo cartas para o Papai Noel quando o Natal estava próximo e esse homem acabou enxergando uma possibilidade nisso. Ele acabou fundando uma organização chamada 'Santa Claus Association' para recolher essas cartas e encontrar doadores que estivessem dispostos a presentear as crianças necessitadas e os seus pedidos. 

O modelo acabou ganhando muita repercussão e, para se ter uma ideia, conseguiram entregar 50 mil presentes para 16 mil famílias durante o Natal. O problema é que, apesar de ter feito tudo isso e conseguido popularizar essa ação de caridade em um dia tão importante para as pessoas, tudo o que ele queria com isso era a fama. Sem falar que John também fazia parte de grupos fraudulentos de caridade como a Cruzada contra o Tráfico Ilícito de Narcóticos, o Controle de Câncer de Soro e outras.

3 - O Coronel de lugar nenhum

Esse caso, envolvendo Carlos da Cruz Sampaio Junior, aconteceu no Brasil e vai te intrigar. Isso porque, apesar de ser um segurança de papagaios de zoológico, esse homem mantinha um grande interesse nos militares já que o seu pai havia sido um militar. O problema foi que, depois de tentar entrar para a academia, ele acabou falando no testo. Ainda assim, isso não fez com que ele desistisse dos seus objetivos. E, em certo momento, ele desenvolveu um sistema de prevenção ao crime que seria capaz de reduzir os incidentes em cerca de 52%. Mas, ainda que isso parecesse atraente, ninguém deu atenção para ele quando tentou entrar em contato com as autoridade em 2006.

Depois de falhar em sua primeira tentativa, ele acabou voltando alguns anos depois se colocando como 'Major' e, ainda assim, não recebeu a atenção desejada. Foi então que ele decidiu enriquecer ainda mais o seu portfólio e se promoveu a 'tenente-coronel'. E, como você deve estar imaginando, esse seu novo cargo fez com que ele fosse levado a sério. Isso fez com que ele fosse convidado a trabalhar na Secretaria de Segurança e fizesse palestras sobre o assunto. Mas, cerca de 3 meses depois de ser contratado, sua farsa acabou sendo descoberta e ele foi preso.

4 - O especialista em limpeza que não tinha experiência

Geralmente, por mais que não pareça certo em alguns momentos, acabamos julgando as pessoas pelas suas experiências e definimos sua capacidade através disso. Ainda assim, esse homem acabou provando que isso nem sempre é uma regra e que mesmo sendo um trapaceiro ele era bom no que fazia. Isso porque, depois que a febre de ebola tomou conta dos Estados Unidos em 2014, muitas empresas de limpeza de resíduos perigosos acabaram ganhando destaque e a de Sal Pane foi uma delas.

O homem alegava ser dono da empresa e um profissional dedicado com 27 anos de experiência mas isso não era realmente verdade. O fato era que, mais ou menos 1 ano antes disso, ele acabou convencendo uma irmã enlutada de vender a empresa do falecido familiar junto com todas as suas permissões e o caminhão afirmando que ele era um antigo amigo do homem. E, com isso, Sal conseguiu roubar a identidade verdadeiro especialista em limpeza e fingir ser um. O fato é que, depois dos problemas com a epidemia, sua "empresa" foi chamada para descontaminar o apartamento de um médico, chamado Craig Spencerque havia contraído Ebola na África, assim como um boliche em que ele havia visitado.

Depois que a sua farsa foi descoberta, o Departamento de Saúde de Nova York acabou se desculpando pelo ocorrido mas avisou que uma revisão rigorosa havia sido feita no local e que o trabalho de Sal obteve sucesso. E, além disso, eles prometeram fazer uma investigação mais aprofundada sobre o assunto.

5 - O maior vigarista

Algumas pessoas acabam mentindo parte de sua vida para poderem ganhar algo em troca com isso mas, de alguma forma, esse homem conseguiu criar mais mentiras sobre ele do que você poderia imaginar. Ele se chama Ferdinand Waldo Demara e, durante os seus anos de vida, conseguiu fingir ser um doutor em psicologia, um estudante de direito, um graduado em zoologia, um professor, um assistente de diretor em uma prisão do Texas e muitas outras denominações que nunca pertenceram realmente a ele.

Mas, dentre todas as suas farsas, ele teve a brilhante ideia de fundar uma faculdade que teria como intuito elevar a ordem religiosa. E o seu objetivo acabou se tornando realidade em 1951 quando o LaMennais College foi criado. O colégio acabou passando por algumas transformações até que se transformou em Walsh College e, em seguida, na Walsh University. O lugar continua em funcionamento e, ainda assim, o nome de um de seus fundadores, o Ferdinand, acabou nem mesmo sendo mencionado em seu site atual.

O fato é que, apesar de serem completos vigaristas, essas pessoas acabaram fazendo certo bem para a sociedade, concordam? Comente aí em baixo qual deles achou mais solidário, mesmo tendo objetivos não tão nobres por trás.

Próxima Matéria
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+