• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essas foram as últimas palavras de Amelia Earhart

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      26/04/19 às 19h11

Você sabia que Amelia Earhart foi a primeira pessoa a tentar dar a volta ao mundo em um avião? A história tentou apagar o nome de muitas mulheres, mas a desta americana permaneceu por causa de sua coragem e liberdade. A sua obsessão em tentar ultrapassar os limites humanos era tanta que acabou perdendo a vida enquanto se aventurava. No entanto, podemos afirmar com todas as letras que o final de Amelia Earhart é o resultado de uma vida de comprometimento com a aviação. É uma história que deve ser lembrada em seus mínimos detalhes, mesmo que muita coisa ainda seja um mistério. Mesmo com 80 anos pós-tragédia, os historiadores não conseguem responder exatamente o que aconteceu. Onde foram parar os seus restos mortais? E, acima de tudo, ela tentou fazer contato em busca de socorro? Não podemos dar certezas, mas temos provas o suficiente para suspeitar quais foram as últimas palavras de Amelia Earhart. Vem conhecer, conosco, este fato aparentemente desconhecido.

Quando Amelia Earhart e Fred Noonan, seu copiloto, sofreram o terrível acidente, tiveram tempo de enviar um sinal de socorro. Na verdade, o sinal era uma espécie de mensagem que podia ser ouvida a centenas de quilômetros de distância.

Quem foi Amelia Earhart?

Criada em uma família abastada, ela se destacou desde muito jovem em razão de sua audácia. Ele gostava de jogos e atividades atribuídas aos garotos, como escalar, correr e caçar ratos. Além disso, admirava mulheres famosas que alcançaram o sucesso por conta própria, sem auxílio de cônjuges.

Após uma série de infortúnios familiares e de sua trajetória como enfermeira voluntária no exército durante a Primeira Guerra Mundial, ela foi convidada a embarcar em um biplano por dez minutos. Esse tempo já foi o suficiente para ela se apaixonar pela aviação. Lá, em Long Beach (Califórnia), nascia a grande aviadora que deixou histórias inexplicáveis após o seu trágico desaparecimento.

O que a mensagem dizia?

Durante uma tarde de verão em julho de 1937, Betty Klenck, de 15 anos, estava sentada no chão de sua casa em St. Petersburg, Flórida. A adolescente, que adorava ouvir música no rádio, muitas vezes mantinha um caderno à mão para gravar as letras de suas canções favoritas.

Seu pai ergueu uma poderosa antena em um poste do lado de fora da casa para que ela pudesse ouvir músicas de diferentes partes do mundo.

Por volta das três da tarde, Klenck estava mudando a sintonia do rádio em busca de música quando escutou uma angustiada voz feminina. "Esta é Amelia Earhart!" repetiram-se várias vezes, entre ruídos e chiados.

Após, os barulhos mesclaram-se com outra voz entrecortada. Parecia uma discussão. A adolescente só conseguiu distinguir uma frase da balbúrdia sonora: "a água já está passando do nível do joelho!". Seriam essas as últimas palavras de Amelia Earhart?

O interessante é que Betty também ouviu Amelia repetir exatamente o seu destino de viagem: "W40K Howland port" ou "WOJ Howland port". A aviadora parecia ter sofrido um ferimento leve, mas seu copiloto ficara gravemente machucado.

Desdobramentos e explicações

Em 1970, John Hathaway, vizinho de Betty, contatou Fred Goerner, que havia publicado um livro sobre a biografia de Amelia. Ele tentou explicar a importância dos relatos da jovem de 15 anos, mas o autor não demonstrou interesse no assunto.

Mesmo assim, Hathaway continuou insistindo ao longo dos anos seguintes, conversando com diferentes especialistas e profissionais da aviação. A sua persistência chamou a atenção do Grupo Internacional para Recuperação Histórica de Aeronaves, conhecido como TIGHAR. Ao entender o teor do que a jovem ouvira, os responsáveis pelo grupo decidiram cooperar.

Sem o TIGHAR, o mundo inteiro nunca teria tido acesso às valiosas anotações da garota Betty. A partir do momento em que o relato veio à público, muitos ouvintes também afirmaram ter ouvido as vozes de Earhart e Noonan naquela tarde fatídica. No total, havia cerca de 57 pessoas que acreditavam que Amelia Earhart buscara ajuda com as mensagens radiofônicas. Todos alegaram ter ouvido seu nome repetidamente entre os chiados e barulhos inaudíveis.

Será que finalmente os mistérios por trás das últimas palavras de Amelia Earhart foram revelados? Ou ainda existem detalhes que ainda não temos conhecimento? Bom, de qualquer forma, acho melhor ficar de olho para eventuais novidades.

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+