• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Essas são 7 tecnologias do passado cujo seus segredos estão perdidos

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      23/01/18 às 13h53

Vivemos em constante evolução. Em todos os meios, tendemos a evoluir o tempo todo. Podemos perceber isso socialmente, com a mudança da convivência nos dias de hoje, comparado ao passado e nos direitos que as minorias conquistam. Notamos essa afirmação no meio tecnológico, visto que a cada dia que passa somos surpreendidos com novos aparelhos eletrônicos com multi funções. Acontece que, muitas das coisas que conhecemos possuem seus segredos que somente os inventores ou portadores conhecem. Assim era na antiguidade, onde muitos conhecimentos ou descobertas sobre algo eram passados oralmente de uma pessoa para outra.

O grande problema é que quando esse elo era quebrado, as coisas poderiam perder suas funções secretas para sempre. Pensando nisso, a redação da Fatos Desconhecidos resolveu listar para vocês, caros leitores, algumas tecnologias do passado que perderam os seus segredos. Se você gosta desse tipo de conteúdo e conhece alguém que também curte, compartilhe. Confiram com a gente mais essa matéria.

1 - Taça de Licurgo

Esta é uma taça antiga que mostra a cena da morte do rei Licurgo. Ela possui uma peculiaridade interessante para as pessoas. O objeto consegue mudar de cor de acordo com a iluminação e do líquido no interior. Ela é feita em nanopartículas de ouro e prata. Isso mostra que alguns mestres da antiguidade dominavam muito bem o que chamamos de nanotecnologia. No entanto, até os dias atuais não foi possível produzir algo assim.

2 - Energia Livre

Nikola Tesla foi um sérvio-americano genial e inventor de muitas coisas. No ano de 1901, construiu a Torre Wardenclyffe e desde então poderia transmitir eletricidade a qualquer ponto da Terra e oferecer energia de forma gratuita às pessoas. Infelizmente, o laboratório de Tesla deixou de contar com sua fonte de financiamento e foi destruído. Depois de sua morte, somente uma parte do seu projeto pode ser encontrada. O restante sumiu misteriosamente.

3 - O Som do Ar

O Hipogeu de Hal Saflieni, localizado na ilha de Malta, é o templo subterrâneo mais antigo do mundo. O lugar mais famoso do templo é a Sala do Oráculo. Dentro dessa parte pode ser ouvido um som baixo em forma de voz masculina. O barulho consegue sair e alcançar todo o templo. Até hoje os pesquisadores tentam descobrir como esse amplificador de som antigo funciona.

4 - Vidro Flexível

Entre os anos 14 e 37 a.C., havia um profissional que descobriu uma substância chamada de "vidro flexível". Ele fez uma taça com o material para o imperador Tibério, de Roma. Quando Tibério bebeu na taça, arremessou ela ao chão, mas por incrível que pareça, não conseguiu a quebrar. O imperador, acreditando que aquele material poderia desvalorizar o ouro e a prata, ordenou a execução do soprador de vidro. O segredo morreu junto com ele.

5 - Fogo Grego

O fogo grego é uma substância incendiária utilizada pelos bizantinos em batalhas navais. Ela funcionava com um tubo de cobre do qual era expelido um grande jato de fogo, conseguindo alcançar uma distância de até 30 metros. Era impossível combater isso, pois o fogo continuava aceso mesmo sobre a água. Com o passar do tempo, essa arma acabou sendo trocada por outras e as técnicas de produção foram esquecidas.

6 - Antídoto Universal

Mitrídates VI foi rei de 120 a.C. até 63 a.C., quando morreu, na Ásia Menor. Com medo de ser envenenado, passou sete anos acostumando o seu próprio organismo a diferentes venenos. Ele chegou a misturar 54 ingredientes até obter o antídoto universal. Após sua morte, os médicos descobriram que o antídoto servia para combater intoxicações e venenos. Essa receita permaneceu como um mistério.

7 - Esferas com Segredos

Alguns mineradores da América do Sul encontraram há algumas décadas duas esferas durante suas escavações. Uma era feita de metal e continha algumas marcações que indicam o equador e linhas paralelas. A outra, do mesmo formato e com as mesmas características era feita de uma substância esponjosa. Segundo os cientistas, esses objetos têm 2,8 bilhões de anos. Por causa da antiguidade delas, eles não conseguem saber quem as fez ou o método utilizado para isso.

E aí, você sabia dessas coisas? Comenta pra gente e compartilhe com seus amigos.

Próxima Matéria
Via   Thoughtco     Adme  
Imagens Hypescience
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+