• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse estranho globo é um dos maiores organismos unicelulares que existe

POR Cristyele Oliveira    EM Ciência e Tecnologia      05/11/19 às 12h14

Depois de tantas descobertas surpreendentes, já entendemos que a vida no planeta Terra é mais diversa e complexa do que imaginamos um dia. Os apaixonados por Biologia sabem bem disso. A Terra está cheia de organismos que saltam os olhos e nos surpreendem. E um lugar propício para encontrar tipos de vida um tanto quanto peculiares é o fundo do oceano. Como se trata de uma região difícil de ser explorada, é bem provável que exista milhares de tipos de vida desconhecidos lá. E muitos deles irão nos deixar intrigados pelas suas características e capacidades, como é o caso desse estranho globo ocular. O mais interessante sobre ele é que se trata de um dos maiores organismos unicelulares que existem. Ou que, pelo menos, se tem registro.

Bem lá no fundo do mar, escondidas sob os escombros de corais, você pode encontrar essas bolhas bizarras em vários tamanhos. Chamadas popularmente de globo ocular de marinheiro, as Valonia ventricose, nome científico do organismo, são bolas macias que se parecem muito com algas. Além de ser um organismo unicelular, o globo ocular de marinheiro é uma forma de vida bastante interessante e curiosa.

O organismo

De fato, todo globo ocular de marinheiro é uma única célula. O que os diferencia entre si é o tamanho, já que nem todos possuem a mesma proporção do exemplo acima. Esse não é o tamanho normal geralmente associado a organismos unicelulares. Mas, no caso dos globos oculares dos marinheiros, eles possuem alguns truques que os ajudam a ficarem bem grandes.

Esses organismos podem variar e muito de tamanho. Alguns têm o tamanho de um rolamento de esferas, e outros, como é o caso desses exemplos, chegam ao tamanho de um globo ocular humano, por isso, o nome.

Nas aulas de Biologia da escola, você deve ter aprendido que as células simplesmente não podem crescer muito. Afinal, existe uma difusão que pode causar danos ao organismo, sem contar que ser muito grande nesse caso, atrapalhará a sua relação com a superfície, a área e o volume.

Porém, mesmo que os globos oculares dos marinheiros sejam compostos por uma única célula, eles também possuem vários domínios citoplasmáticos. E cada um deles possui seu próprio núcleo e cloroplastos.

A estrutura

Devido a sua estrutura peculiar, caso você tente estourar um globo ocular de marinheiro, ele não irá explodir como um faria um balão cheio de organelas. Na verdade, esmagar o globo ocular de um marinho pode é fazer com que mais deles apareçam. Isso porque como esses organismos precisam de apenas um núcleo para se transformar em um globo ocular novinho em folha.

Então, essas coisas estranhas e redondas, com uma única célula e inúmeros núcleos, podem se multiplicar facilmente. Se fosse em um aquário, isso poderia ser um problema. Mas, na natureza, eles estão vivendo em paz na sua vida marinha. E sempre impressionando mergulhadores e cientistas.

Enfim, e você? Já tinha visto algo parecido em sua vida? Conta para a gente nos comentários e já aproveite para compartilhar com os seus amigos que adoram biologia.

Próxima Matéria
Via   Science Alert  
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+