• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse homem colocou uma planta num recipiente de vidro em 1972 e o que ele conseguiu foi algo formidável

POR Marilia Noleto    EM Curiosidades      22/04/16 às 11h21

Domingo de Páscoa de 1960. Além das tradicionais comemorações da data, David Latimer resolver fazer algo diferente: só de curiosidade, plantou algumas sementes em um frasco de vidro redondo. O que ele nunca imaginou é que aquela semente iria se transformar em um belo e verdejante exemplo de ecossistema fechado.

Mais de meio século depois, o jardim que cresceu no frasco fechado está cada vez mais forte. E continua crescendo, enchendo a grande garrafa com uma vida vegetal exuberante, apesar do fato de que a última vez que foi regado por Latimer foi em 1972.

Ao plantar as quatro sementes de trapoeraba-azul (também conhecida como Erva de Santa Luzi) nos anos 60, o senhor colocou apenas adubo e um pouco de água em uma garrafa redonda de 10 litros. Cuidadosamente, selou o grande recipiente e colocou-o em um canto ensolarado, permitindo assim a fotossíntese da planta.

planta

Com exceção do ano de 1972, quando Latimer abriu a garrafa para aguar a planta, o "mini jardim" ficou selado durante 44 anos, completamente isolado de ar fresco e água. No entanto, o jardim se transformou em um ecossistema autossuficiente, apenas com sua própria fotossíntese. Ao absorver a luz solar, a planta adquire a energia necessária para crescer.

A fotossíntese e o oxigênio geram umidade dentro do recipiente, que se acumula e cria "chuvas" que caem de volta sobre a planta. Além disso, as folhas que caem também ajudam no processo; quando apodrecem, elas produzem o dióxido de carbono necessário para sua nutrição. É simplesmente espantoso como a natureza sempre encontra uma maneira para sobreviver.

O jardim vedado está sob as escadas no corredor da casa de Latimer em Surrey, no sudeste da Inglaterra. Mesmo lugar que ocupa há 27 anos, depois que o inglês e sua esposa se mudaram de Lancashire.

" O garrafão fica a cerca de 1,80m de uma janela, por onde entra a luz solar. Ela cresce em direção à luz, por isso viramos a garrafa de vezem quando para que ela fique uniforme", diz Latimer. Ele ainda elogia a falta de trabalho que teve com a planta. " É a própria definição de baixa manutenção. Eu nunca precisei podar, afinal ela só cresce até aos limites da garrafa", completa.

planta2

Beardshaw afirma ainda que o experimento fez com que a NASA se interessasse pela ideia de cultivar plantas no espaço. "Vegetais atuam como ótimos lavadores, tirando poluentes no ar, de modo que culturas no espaço podem sim ser efetivamente autossustentáveis", disse.

No entanto, nem todo mundo se empolga com a ideia de um mini jardim fechado. "Muitos podem achar maravilhoso, mas não vejo dessa forma. Se não posso cheirá-lo, eu não posso comê-lo ", diz Bob Flowerdew, jardineiro orgânico. Surpreendentemente, o Latimer concorda e diz que seu mini jardim "é incrivelmente sem graça, já que que não preciso fazer nada". No entanto, o inglês segue na expectativa para ver quanto tempo seu ecossistema vai durar.

Próxima Matéria
Via   The Vintage News  
Imagens Droptilt
Marilia Noleto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+