• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Esse homem de 101 anos sobreviveu a duas pandemias globais

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      27/03/20 às 18h56

A história mundial é marcada por diversas epidemias e pragas, que atacaram e mataram milhares de pessoas ao longo dos séculos. Algumas epidemias foram tão intensas, que quase chegaram a aniquilar cidades inteiras. Muitas delas até tiveram um enorme impacto nas gerações futuras, causando mudanças radicais na sociedade da época.

A maioria de nós está presenciando pela primeira vez uma pandemia. Tínhamos uma pequena noção pelos livros de história o que aconteceu na época das anteriores. Mas agora vivendo uma sabemos que elas podem ter sido muito piores.

E se você está desesperado por causa da pandemia do coronavírus, talvez esse senhor seja uma inspiração. O italiano de 101 sobreviveu não apenas uma, mas duas pandemias globais. Ele sobreviveu a gripe espanhola, de 1918, e o surto do COVID-19.

Ele é chamado apenas de "Senhor P" e foi internado semana passada, no Hospital Infirmi de Rimini, com o coronavírus. O hospital fica em uma cidade, na região Emilia-Romagna da Itália.

Devido a sua idade, já mais avançada os médicos achavam que o Senhor P não conseguiria se recuperar e acabaria sendo mais uma vítima do coronavírus. Felizmente, eles estavam errados. Na quarta-feira dessa semana, o Senhor P teve alta do hospital e voltou para sua casa e para sua família.

O italiano nasceu em 1919, bem no meio da epidemia da gripe espanhola. A gripe de 198 matou aproximadamente 600 mil italianos. Mostrando que o Senhor P sobreviveu não a uma, mas duas epidemias. Além de uma guerra mundial.

Caso

Esse caso foi tão diferente de todos os outros que a vice-prefeita de Rimini, Gloria Lisi, fez uma declaração que saiu no jornal local.

"P., de Rimini, nasceu em 1919, em meio a outra pandemia mundial trágica. Ele viu tudo, fome, dor, progresso, crise e ressurreições. Uma vez ultrapassada a barreira dos 100 anos, o destino colocou esse novo desafio diante dele, invisível e terrível ao mesmo tempo. Uma esperança para o futuro se encontra no corpo de uma pessoa com mais de um século de idade. Conforme as tristes crônicas dessas semanas relatam mecanicamente todos os dias um vírus que assola especialmente os idosos. O Senhor P. conseguiu sobreviver. A família o levou para casa ontem à noite, para nos ensinar que mesmo aos 101 anos de idade, o futuro ainda está por ser escrito", declarou.

Dois países bastante afetados pelo coronavírus são a Itália e a Espanha. O número de mortos nos países já conseguiu ser maior do que os da China, que foi onde o vírus se originou. Segundo os dados do mapa  global, que foi desenvolvido pela Universidade de Hopkins, são 9.134 mortes na Itália, 4.365 na Espanha e, aproximadamente, 3.263 na China.

É hora do resto do mundo ver o que a Europa fez de errado e tentar evitar fazer o mesmo, para que não tenha um cenário parecido em outros países. E também aprender com a China e Coreia do Sul, que já conseguiram controlar o aparecimento de novas infecções.

Na Itália, o número de pacientes infectados com o coronavírus tem oscilado. E a quarentena, que foi imposta pelo governo do país, já mostra os seus efeitos positivos.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+